CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Polícia Civil do Ceará pode entrar em greve geral

Decisão sobre paralisação da categoria foi marcada para o dia 21 de setembro.
Agentes da Polícia Civil do Ceará (PCCE) decidiram, na noite dessa segunda-feira (5), em assembleia, por mais uma fase da "Operação Polícia Legal". O encontro aconteceu na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (SINPOL/CE).

A categoria agendou a data da próxima reunião para o dia 21 deste mês, desta vez, em frente à superintendência da Polícia Civil, quando será decidido se haverá greve geral ou parcial.

Além da "Polícia Legal", os agentes também aprovaram por unanimidade pela assembleia permanente e participação da mobilização nacional contra a PEC 241 e PLP 257, que tramitam em Brasília.

Os diretores iniciaram com os informes sobre a negociação com o governador do Estado, Camilo Santana, que não cumpriu a programação firmada da restruturação salarial de escrivães e inspetores, negociado com o sindicato. Ainda no encontro, os diretores do SINPOL/CE informaram que a Pefoce iniciará, já na próxima quinta-feira (8), a "Operação Perícia Legal".

O movimento deflagrado pela Polícia Civil exigirá que inspetores e escrivães trabalhem conforme estatuto da instituição, ou seja, dentro da legalidade. "Os agentes não sairão das delegacias com coletes balísticos e munições vencidas, por exemplo, são alguns pontos da OPL", declarou Francisco Lucas, presidente do SINPOL/Ce.

O presidente fez outras considerações lembrando que o responsável pela condução da viatura terá que ser habilitado para dirigir veículos de emergência; que haverá mudanças desde o registro do B.O a lavratura do flagrante; que o inspetor terá que estar acompanhado da autoridade policial no local onde ocorreu um crime, entre outros critérios.

Fonte: CNEWS

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More