RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

MENSAGEM NATALINA DA EMPRESA GRENDENE!

sábado, 3 de junho de 2017

Operação desarticula quadrilha especializada em roubos de cargas

O prejuízo estimado pelas ações do grupo gira em torno de meio milhão de reais.

Cinco mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão foram cumpridos contra pessoas investigadas por envolvimento em roubo de veículos de cargas, após a deflagração da Operação Carga Pesada. Há vinculação do grupo detido com cerca de 20 ocorrências de roubo, sendo estimado um prejuízo causado pelos mesmos em torno dos R$ 500 mil.
Durante as buscas, foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em espécie ( Foto: Polícia Federal/Reprodução )
Os mandados foram expedidos pela 11º Vara Federal da Seção Judiciária de Fortaleza/CE e 2º Cara Criminal de Caucaia e foram cumpridos por equipes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.

De acordo com informações disponibilizadas pela assessoria de comunicação da Polícia Federal, a investigação foi iniciada em julho de 2016, após o setor de inteligência da PRF trazer uma notícia-crime sobre um grupo que estaria atuando contra os veículos. As investigações constataram que boa parte dos caminhões roubados eram veículos pertencentes aos Correios. O Ministério Público Estadual, através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), realizou a coleta de provas e compartilhou as informações com a Polícia Federal.
Também foram apreendidos veículos roubados, armas e drogas, de quantidade ainda não divulgada ( Foto: Polícia Federal/Reprodução )
A nota divulgada pela assessoria da PF também acrescenta que o grupo costumava abordar veículos de cargas nas rodovias de acesso a Fortaleza, “sempre com o uso de arma de fogo e emprego de violência contra as vítimas”. Após a abordagem, o grupo conduzia os condutores e o veículo até um local deserto, onde a carga era subtraída.

Há suspeitas que o mesmo grupo preso também tenha participado da explosão a agência bancária no município de Miraíma, na última quinta-feira (1). Durante as buscas, foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em espécie, além de veículos roubados, armas e drogas, de quantidade ainda não divulgada. De acordo com a PF, o grupo responderá por roubo qualificado, receptação e organização criminosa, com pena de reclusão superior a 22 anos.

Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More