PROTEJA SEU PATRIMÔNIO: RASTREADORES E BLOQUEADORES VEICULARES SEM MENSALIDADES

TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212 - Clique AQUI e saiba mais...

quarta-feira, 5 de julho de 2017

POLICIAIS PERSEGUIDOS E PUNIDOS PELA CGD

A perseguição aos servidores estaduais tem sido a marca da atual gestão da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário do Estado (CGD). E esta postura tem sido alimentada pelo próprio estado, que instituiu até gratificação por produtividade no órgão. Então, quanto mais sindicâncias, inquéritos, suspensões e expulsões de policiais, bombeiros, peritos e agentes penitenciários, mais dinheiro no bolso dos investigadores da Controladoria.

No Diário Oficial do Estado (DOE), publicado na última sexta-feira (30), aparece mais um capítulo dessa maratona de “caça às bruxas” na Segurança Pública do Ceará. De uma só tacada, 16 policiais civis foram suspensos de suas atividades e vão responder disciplinarmente (com risco até de demissão) por terem participado da greve da categoria no ano passado. São 10 inspetores e seis escrivães penalizados pela autoritária CGD. As suspensões vão de 40 a 80 dias, sem salários.

É assim que o governo quer reduzir a violência e a criminalidade no Ceará? Usa a velha tática do “morde e assopra”. Uma hora manda punir os policiais e agentes que buscam seus direitos como trabalhadores e cidadãos. Outra hora, usa as redes sociais para falar de supostas benfeitorias para o setor, como a entrega de viaturas. Além de ridículos salários, a categoria ainda tem que conviver com um inexplicável e interminável assédio moral por parte da CGD.

Fonte: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

1 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More