RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

terça-feira, 15 de agosto de 2017

PARTICIPE: ESCOLA SEM PARTIDO - VÍDEO


O evento acontecerá  hoje às 17h na Câmara Municipal de Sobral.

Saiba mais sobre o projeto ESCOLA SEM PARTIDO:

Uma marcha a favor do projeto da Escola Sem Partido, em trâmite na Câmara Municipal de Curitiba, é realizada na manhã desta terça-feira (15) no centro da cidade. Um grupo ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) se reuniu na Boca Maldita e segue até a sede do Poder Legislativo municipal.

O projeto de lei propõe medidas para serem implantadas nas salas de aula de Curitiba, como o não envolvimento do Poder Público na orientação sexual dos alunos e as proibições de algumas condutas por parte dos professores da rede municipal de ensino. Se o projeto for aprovado e transformado em lei, os professores não poderão convidar os estudantes ou pessoas ligadas a eles para participarem de manifestações e passeatas.

Outro tema abordado na proposta é o respeito, no ambiente escolar, sobre o direito dos pais dos alunos para que eles “recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com as suas próprias convicções”, conforme texto do projeto de lei. Além disto, prevê a apresentação aos alunos “de forma justa, as principais versões, teorias, opiniões e perspectivas concorrentes a respeito de matérias”. O projeto de lei é de autoria dos vereadores Ezequias Barros, Osias Moraes e Thiago Ferro.

Denise de Souza, coordenadora do MBL, explica que o ato em Curitiba faz parte de uma mobilização nacional nesta terça-feira. “O objetivo é trabalhar em cima da doutrinação escolar, seja política ou ideológica. Queremos que nossas crianças tenham direito a um ensino livre. Vamos à Câmara para dar apoio aos vereadores e pedir a comoção popular. Este não projeto nem de direita e nem de esquerda. É um projeto dos pais, mães, professores e de pessoas realmente preocupadas com o ensino dos seus filhos”, contou.

1 comentários:

Esperando pelo "blogs sem partido tbm" huahuahua

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More