PROMOÇÃO DA SOBRAL RASTREADORES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Quadrilha pode ter levado cerca de R$ 1 milhão do cofre de banco no fim de semana em Fortaleza

Criminosos especialistas em violação de cofres atacou a agência do Bradesco da Parangaba, em Fortaleza, e fugiu com todo o dinheiro. Policiais e peritos foram ao banco em busca de pista s dos ladrões.

Cerca de um milhão de reais pode ter sido furtado do cofre da agência do Bradesco localizada no bairro Parangaba, em Fortaleza, na madrugada do domingo (1º). A Polícia já realiza investigações sobre o caso, mas ainda não tem pistas concretas da quadrilha. Os bandidos arrombaram o cofre da agência após desligar toda a rede de alarmes da agência.

O caso somente foi descoberto pela manhã, quando a Polícia acionou a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para realizar os primeiros levantamentos no local de crime. A agência fica localizada na Avenida 7 de Setembro e já foi palco de outros ataques como arrombamentos e assaltos nos últimos anos. No entanto, chamou a atenção das autoridades a forma como os criminosos agiram neste fim de semana, conseguindo violar o cofre localizado na tesouraria.

Segundo fontes da Polícia, o valor do furto está entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão. A direção do banco não quis revelar a quantia levada pelos criminosos. A agência ficou interditada ao público durante todo o domingo, devendo reabrir somente nesta segunda-feira (2).

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) já estão trabalhando na tentativa de encontrar pistas para esclarecer o caso. O titular daquela especializada, delegado Rafael Vilarinho, informou que a agência possui câmeras e estas podem ter captado a presença de quatro homens que seriam os responsáveis pela violação do cofre.

Ataques

Antes do arrombamento no Bradesco de Parangaba, em Fortaleza, a Polícia havia registrado um ataque na cidade de Potengi, no Cariri Oeste (a 532Km de Fortaleza) na madrugada da última sexta-feira (29), quando uma quadrilha explodiu as agências do Bradesco e do Banco do Brasil, fugindo provavelmente em direção vizinho estado de Pernambuco.

Entre agosto e setembro também foram atacadas agências bancárias em Lavras da Mangabeira, Barreira e Novo Oriente.

Fonte: Cearanews7

1 comentários:

O RAIO NÃO ESTAVA NA ÁREA?

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More