RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Primeiro inquérito policial de usurpação de função contra policial militar é instaurado contra o serviço reservado

O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (SINPOL/CE) agradece escrivães, inspetores e delegados que continuam remetendo material para as denúncias de usurpação de função do serviço reservado e da Coordenadoria de Inteligência (Coin). A função investigativa é exclusiva da Polícia Civil e deve ser respeitada pelas demais instituições.

Próxima semana será protocolada uma representação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), assim como ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), pois o Sindicato já havia recorrido ao MP do Ceará, que infelizmente se omitiu e arquivou todas as denúncias, mesmo com robusta prova. O caso está sendo também tratado com representação encaminhada ao Ministério Público Federal.

O SINPOL aplaude a coragem do delegado que instaurou o inquérito por usurpação de função contra o Serviço Reservado e em defesa da atividade investigativa da Polícia Civil. O Sindicato espera que essa atitude se multiplique entre os delegados, que eles tomem essa consciência, pois a categoria irá disseminar essa luta em defesa das prerrogativas da Polícia Civil e, juntos, poderemos construir uma instituição mais fortalecida.

A entidade recomenda aos policiais militares lotados no Reservado e na COIN que comuniquem aos seus comandantes que, cientes que vão responder por usurpação de função, não irão mais invadir as atribuições da polícia civil. E que caso sejam, ainda assim, coagidos a agir contra a lei, que gravem seus comandantes ou exijam uma ordem de missão, pois estarão respaldados quando forem representados pelo Sindicato ou pelos delegados.

Vale salientar que o SINPOL não tem intenção alguma de declarar guerra a Polícia Militar, mas, sim, apenas luta e defende as prerrogativas constitucionais da Polícia Civil do Ceará.

6 comentários:

Se a PM não resolve os problemas que lhe compete (evitar o crime) e aí querem é investigar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Parece piada

Só num país de governo ridículo e parlamentares incompetentes...se coloca duas forças exenciais para a sociedade...a brigarem entre sí...isso nada mais é do que mais uma jogada para tornar as policias...alvo de difamacoes e descredito...( nao sou policial )...

SÃO OS OFICIAIS QUE SE METEM EM TUDO.OS PRAÇAS, HOMENS DE FRENTE DO COMBATE, NÃO TEM CULPA, POIS SÃO OBRIGADOS. E AÍ QUANDO CHEGA A BRONCA SÓ SOBRA PROS PRAÇAS. O CERTO É CADA UM NA SUA FUNÇÃO.E PRONTO !!

É de lascar!
O Estado dominado de ponta a ponta pelo crime organizado, e esses caras brigando por que vai fazer o que!
É foda.

ENTAO É USURPAÇÃO DE FUNCAO QUANDO A POLICIA MILITAR LEVA O PRESO PARA O IML PARA EXAME DE CORPO DE DELITO, É USURPACAO DE FUNCAO QUANDO A POLICIA MILITAR LEVA O PRESO PARA A PENITENCIARIA. HIPOCRITAS.

Então também seria usurpação de função quando a PM faz o atendimento após o ocorrido mesmo que seja apenas boletim já que a PM caberia o policiamento preventivo e repressão imediata que toda a população passe e se dirigir diretamente aos policiais civis e que não venham mais com a desculpa de que apenas em horario de expediente fora este apenas flagrantes conduzidos pela GM ou PM como é na maioria das delegacias que conheço hipocrisia tem limites só é usurpação quando convém quando não querer trabalhar já não é.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More