RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Subcomandante de UPP é morto em lanchonete

O tenente Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, subcomandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Kennedy, foi baleado e morto durante um assalto na madrugada desta quarta-feira. O policial estava numa lanchonete na Estrada do Gabinal, na Freguesia, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, quando ele e outros fregueses foram abordados por bandidos. O PM — que participaria de uma operação na manhã desta quarta-feira — foi morto após reagir.

De acordo com as primeiras informações, o tenente estava no drive-thru da lanchonete ao volante de seu carro, um Honda HR-V, quando quatro homens anunciaram o roubo. Naquele momento, o oficial retirava sua refeição pela janela do automóvel. Ele sacou sua arma e disparou.

Os ladrões revidaram e, durante o troca de tiros, Lopes da Cruz foi baleado mais de uma vez, segundo informações de policiais da Divisão de Homicídos (DH) da Capital. Pelo menos um dos criminosos também teria ficado ferido, mas ainda assim conseguiu fugir.

Policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) foram acionados para a lanchonete e, ao chegarem ao local, encontraram o tenente caído ao lado do carro. Ele ainda foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra, mas não resistiu aos ferimentos.

Agentes da DH fizeram uma perícia no local do crime e buscam imagens de câmeras de segurança para tentar identificar os criminosos.

Tenente havia apreeendido arma de militar morto em arrastão

De acordo com a DH, o tenente Lopes havia apreendido, na Vila Kennedy, a arma do sargento Bruno Cazuca, morto nesta terça-feira num arrastão em Campo Grande, e uma S-10 roubada na mesma ocasião. O oficial havia ido à DH Capital, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, na noite da própria quarta, para apresentar a arma do militar.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte de Lopes e informou que ele estava na coporação havia três anos:

"A Polícia Militar lamenta informar que o subcomandante da UPP Vila Kennedy, 2° Tenente Guilherme Lopes da Cruz, foi morto na Estrada do Gabinal, Freguesia, após reagir a uma tentativa de roubo, na madrugada desta quarta-feira (21/02), ele estava em uma lanchonete quando foi abordado por criminosos. Mais cedo, o oficial estava na DH onde havia recuperado a arma do Sargento do Exército, morto na manhã de terça-feira (20/02), em Campo Grande. A arma havia sido recuperada na Vila Kennedy. Guilherme tinha 26 anos e estava na corporação há 3 anos".

Oficial participaria de operação nesta quarta

Desde as 6h desta quarta-feira, acontece uma operação na Vila Kennedy, comunidade da Zona Oeste onde o tenente Lopes trabalhava. O oficial participaria da ação, que tem como um dos objetivos procurar os envolvidos no assassinato do sargento Bruno Cazuca.

A assessoria de imprensa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) informou que, além de policiais da UPP Vila Kennedy, participam da operação unidades do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA). Até as 10h não havia informações sobre prisões ou apreensões.

Fonte: Extra Globo

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More