RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

sábado, 8 de setembro de 2018

"Sangue derramado vai unir Brasil e vamos vencer a eleição", diz vice de Bolsonaro

General da reserva, Mourão deve substituir Bolsonaro na campanha.
O vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), general Hamilton Mourão (PRTB), avalia que atentado sofrido pelo presidenciável deve ajudar na sua eleição.

“Nós julgamos que o sangue derramado pelo Bolsonaro vai unir todo o Brasil em torno do nosso projeto e nós vamos vencer a eleição”, afirmou nesta sexta-feira (7) ao desembarcar no Rio de Janeiro.
O general da reserva do Exército deve assumir a agenda de Bolsonaro, que permanecerá hospitalizado pelo menos pelos próximos dez dias após ter sido alvo de uma facada durante ato de campanha.
Ele pediu calma e tranquilidade neste momento e disse que a prioridade é garantir a saúde do candidato.
Questionado sobre se o tom adotado pela campanha será de “guerra”, como disse o presidente do PSL na quinta (6) à Folha de S.Paulo, Mourão minimizou.

“Eu acho que as primeiras declarações são sempre feitas na base da emoção e aí as pessoas acabam dizendo coisas que não deveriam dizer. Existe um velho ditado: as palavras quando elas saem da boca elas não voltam mais. Essa é uma realidade.”
O general disse confiar nas investigações da Polícia Federal, completando que a instituição mostrou sua capacidade na Lava Jato.
“Eu acredito que tenha mais gente envolvida, não é uma coisa isolada. Um grupo ai, não sei se teve conotação política ou não. Pode ser, pode ser que não”, disse.
Mourão permanecerá no Rio nesta sexta, mas viaja no sábado (8) a São Paulo para conversar com Bolsonaro. Ele disse ainda não ter falado com o candidato por se tratar de um momento da família.
Sobre a agenda de campanha, disse que a definição deve ocorrer depois de conversas na capital paulista e em Brasília, no início da próxima semana.

(Diário do Poder)
Foto Marlene Bergamo/Folhaimagem

13 comentários:

Voto bolsonaro 17. Fim da bandidagem, tá ok!!

Meu voto não será no Bolsonaro nunca fez um projeto pra acabar com a violência no Rio de Janeiro ai vem querer mudar o Brasil meu voto e nulo nem um presidente representa o Brasil

Não sei qual.foi o projeto que o ciro fez tbm para acabar a violência no Ceara. Os fgs não acabam nem com a violência do Ceará e querem acabar com a do Brasil.

bolsonaro já ganhouuuuuuuu, chupa PT, CIRO, esquerda. A farra acabouuuuuuuuu.

Cid fez foi acabar com a pouca segurança pública no Ceará, sucateou e desmoralizou a polícia, deixando a população à merce dos marginais.

O Brasil precisa de alguém que não alise bandido, que defenda a família brasileira, sem ficar de mimimi com medo de desagradar alguém.

Meu voto e de minha família é de BOLSONARO 17

Se o povo do Ceará tiver vergonha na cara, não dá 1 voto sequer à Ciro e nenhum dos Ferreira Gomes, pois já passou da hora dessa família deixar de mamar dinheiro do povo. Bolsonaro merece ganhar na terra dos FGs, p mostrar q aqui não e curral deles

É Bolsonaro 17
Já era PT,PTB e PCDB

Olhem, que o problema da seguranca publica e nascional e nao local. O Brasil estar mergulhado numa epidemia violenta da seguranca. Onde foi que ciro sucateou a seguranca do ceara ? Ta com mais de 20 anos q ciro foi governador. O bolsonauro, tambem nunca fez Nada pelo RIO DE JANEIRO, 10 vezes mais violento que o ceara. Nunca foi um administrador, entao, nos seu requisitos na politica, nao chega aos pes do nosso saudoso futuro presidente, CIRO FERREIRA GOMES. ESSE EU CONFIO

Anônimo 20:32..kkkkkkkk os FGs tiraram a dignidade do policial no estado do ceará, e pra seu governo Ceara ultrapassou o Rio de Janeiro em violência superando quase 6 mil homicídios por ano, tendo Fortaleza como a sétima cidade mais violenta do mundo. Pra combater esses dados no pais é votando no BOLSONARO. CEARÁ SERA DE BOLSONARO. #BOLSONARO2018

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More