ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

sexta-feira, 10 de maio de 2019

PF faz operação “Gremlins” para colher provas do desvio milionário de verbas no BNB

Cerca de R$ 50 milhões foram desviados do Projeto de Agricultura Familiar (Pronaf).


A Polícia Federal no Ceará deflagrou na manhã desta sexta-feira (10), a terceira fase da “Operação Gremlins”, que apura o desvio de recursos federais destinados ao Projeto Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Cerca de R$ 50 milhões teriam sido desviados dos cofres da União através de fraudes em financiamentos no Ceará junto à agência do Banco do Nordeste da cidade de Limoeiro do Norte (a 203Km de Fortaleza).
Nesta sexta-feira, estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Fortaleza e nos Municípios de Morada Nova, Tabuleiro do Norte e Quixadá. Os mandados foram expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal, em Limoeiro do Norte, que autorizou também o bloqueio de contas bancárias e de bens móveis dos investigados.

De acordo com a PF, as fraudes teriam ocorrido entre os anos de 2009 e 2011, junto à agência do BNB de Limoeiro em projetos de assentamento rural. Dez pessoas estariam envolvidas nas fraudes, entre as quais, funcionários do próprio BNB, pecuaristas e responsáveis pela elaboração dos projetos, além de lideranças dos assentamentos. Alguns deles já respondem a processos na Justiça Federal, em Limoeiro do Norte, por outras fraudes na obtenção de financiamentos, delitos já comprovados na primeira fase da operação.

Fraude

De acordo com as autoridades, os responsáveis pelo golpe deverão responder criminalmente de acordo com o nível de participação no delito. Entre outros, estão caracterizados os crimes de associação criminosa e fraude, com aumento de pena em razão do prejuízo causado à instituição bancária oficial.

Já os funcionários do BNB também serão responsabilizados em razão da função exercida, devendo, inclusive, serem indiciados pelo crime de gestão fraudulenta.

“O nome da operação – Gremlins – é uma alusão ao personagem de filme homônimo da década de 80, que retratava um pequeno bichinho, aparentemente inofensivo, que se multiplicava rapidamente e causava transtornos no meio social”, diz a Nota Oficial da PF.

(CN7)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More