ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Fãs viajam até 1.600 km para se despedir de Gugu Liberato

Fila para prestar homenagem ao apresentador se formou logo cedo na frente da Assembleia Legislativa.
O velório do apresentador Gugu Liberato, que morreu na semana passada após uma queda em sua casa, atraiu fãs de todo o país nesta quinta-feira (28). Entre os três primeiros da fila diante da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), onde acontece o velório, estavam fãs de Bahia e Alagoas, que viajaram para fazer uma homenagem ao artista.

Apesar de o velório estar marcado para a tarde desta quinta, o primeiro a chegar ao local da cerimônia, ainda na madrugada, foi o gari desempregado Saulo Duarte Soares, de Juquiá, no interior de São Paulo, que foi com uma camiseta repleta de corações com mensagens para o apresentador.

– Cada palavra [espalhadas em corações na sua camiseta] tem um significado: família, amigo, força, paz, solidariedade. Ele não me ajudou diretamente, mas é como se tivesse. Eu acho que aquele que faz bem para uma pessoa está fazendo bem para mim. O nosso país necessita de mais pessoas como ele – afirmou ele.

Antonio da Paz, segundo da fila, veio de Ubatã, no sul da Bahia, a mais de 1.600 km da capital paulista, para acompanhar de perto a despedida de Gugu.

– Assim que eu soube que ele faleceu, viajei pra cá pra fazer as minhas homenagens – disse o vendedor autônomo.

Segundo ele, os fãs fizeram revezamento nas primeiras horas do dia para ir ao banheiro e se alimentar nos bares e padarias da região. Também estava nesse revezamento a alagoana Maria Francisca Pereira da Silva, terceira na fila. Ela conta que não acreditou quando soube da morte do apresentador.

– Eu achei que era mentira quando li que ele tinha morrido. A gente não quer acreditar, pra mim ele não morreu. Estamos com ele no coração pra sempre – afirma ela.

Apesar de a fila diante da Alesp ter começado na madrugada, o corpo do apresentador chegou por volta das 10h30 e o velório foi aberto ao público às 12h10, depois de um momento voltado apenas para a despedida de familiares e amigos.

A cerimônia, aberta ao público, deve seguir até a manhã desta sexta (29). Depois, Gugu será levado em carro de bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família. O enterro será no mesmo dia em que aconteceu o de seu pai, dez anos atrás.

*Folhapress

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More