sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Operação em Quixadá resulta em cinco prisões e nas apreensões de R$ 31 mil e de drogas

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com o apoio da Polícia Militar do Ceará (PMCE), deflagrou a terceira fase da operação Carrocinha II, no Sertão Central cearense. As investigações foram conduzidas pela Delegacia Regional de Quixadá que subsidiaram os trabalhos ocorridos na manhâ desta sexta-feira (6). Um total de R$ 31 mil em espécie e 9,5 quilos de drogas foram apreendidos pelas equipes policiais logo nas primeiras horas de hoje. Cinco pessoas foram presas por força de mandados de prisão preventiva por crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico e por integrar organização criminosa. Outros 15 mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em bairros do município que integra a Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20) do Ceará.

Francisca Taysa Anjos da Silva (22), com passagem por posse irregular de arma de fogo e por uso de entorpecentes; Antônio Françoar Soares Maciel (26), com antecedentes criminais por roubo, posse irregular e porte ilegal de arma de fogo, ameaça no contexto de violência doméstica e uso de entorpecentes; Francisco Lucas Pinheiro da Silva (27), com passagem por uso de entorpecentes; Damião Alves de Oliveira (39) e Katriel Batista do Nascimento Fernandes (24) foram capturados durante a operação.

As equipes cumpriram as ordens judiciais nos bairros Alto São Francisco, Campo Novo, Residencial Raquel de Queiroz, Irajá e Triângulo, em Quixadá. Mandados também foram cumpridos em uma unidade do sistema prisional do Estado contra João Marcos Pinheiro de Sousa (24), que responde por homicídio, tráfico de drogas, associação criminosa e posse irregular de arma de fogo; e Antônio Ednardo Anjos da Silva (32), que responde por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.
Flagrante

Katryel Batista também foi autuado em flagrante com Francisco Kaique da Silva Marinho (23) em posse de drogas, munições e diversos materiais de origem ilícita. Em diligência por imóveis nos bairros Campo Velho e Alto do São Francisco, os policiais apreenderam 6,8 quilos de maconha, 2,2 quilos de cocaína, 490 gramas de crack, 20 munições calibre 32, 19 munições de calibre 12 e nove munições de calibre 38. Além disso, foram apreendidos uma balança de precisão, celulares, uma prensa hidráulica de 30 toneladas e outros materiais utilizados na atividade ilícita. Os dois foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de munição de arma de fogo.


Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 3445-1047, da Delegacia Regional de Quixadá, ou para o WhatsApp da unidade policial, pelo número (88) 98821-6771. O sigilo e o anonimato são garantidos.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More