CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

sábado, 14 de maio de 2016

FORTALEZA-CE: Após pular muro, criança é morta por cachorro

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social abrirá um inquérito para investigar o caso.
Uma criança morreu neste sábado (14) ao pular o muro de um prédio nas proximidades da rua São Paulo, no Centro de Fortaleza. O prédio em questão estava em reforma e possui cachorros fazendo a segurança. Entretanto, algumas testemunhas afirmam que se trata de um canil. Ao pular o muro, o menor foi atacado por um dos animais e morreu.

De acordo com informações de moradores, a criança morava em um abrigo da prefeitura e pulou o muro para resgatar uma bola que tinha caído. O abrigo é vizinho ao prédio em reforma. Policiais militares foram acionados e tiveram que abater o cachorro para resgatar o menor. A vítima foi socorrida e encaminhada ao Instituto Dr. José Frota (IJF), mas não resistiu e morreu.

A proprietária do prédio e do cachorro que atacou a criança não estava no local no momento em que o adolescente pulou. Duas educadoras do abrigo acompanharam o menor até o hospital. Depois, as educadoras foram ao 34º DP, no Centro, prestar esclarecimentos sobre o caso. 

Ao Cnews, um funcionário do IJF que não quis ser identificado, disse que a criança chegou à unidade com ferimentos bastante graves nas coxas, pernas , foi socorrido, mas não resistiu. A assessoria do IJF informou que informações sobre o caso serão repassadas pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (Setra). 

Confira a nota da Setra: 
A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social informa que instaurou procedimento para apurar as causas do acidente e o motivo pelo qual o adolescente de 12 anos conseguiu pular o muro do abrigo, saindo das dependências da unidade e sofrendo o ataque do cão. A Secretaria também está adotando todas as providências cabíveis que o caso requer. O adolescente, que vivia em situação de rua por negligência familiar, estava em situação de abrigamento desde o último dia 09. Vale ressaltar que todas as providências para velório e enterro serão encaminhados pela Setra, assim como toda a assistência necessária aos familiares.
Fonte: Cnews

3 comentários:

por que abateram o cachorro??? ele apenas tava fazendo o trabalho dele, isso devia acontecer tambem com quem mata,rouba e estupra nao apenas com animais.

não, sei não. ao meu ver o cachorro e nem o proprietário do llocal tem culpa, pois o adolescente invadiu um local,como está sendo mostrado na reportagem.

Tenho duas pitbuls, elas convivem há 3 anos com meu filho e nunca houve nem um incidente. Mas se um dia alguém tentar pular la em casa elas não terão o mesmo comportamento com um estranho. Não posso ser culpado se um dia alguém pular meu muro e for atacado.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More