CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

sexta-feira, 10 de junho de 2016

VOLÊNCIA: Facções quebram trégua e incendeiam carro no pátio de uma delegacia da Polícia Civil em Fortaleza

Subiu para 32 o número de ataques do crime organizado no Ceará, como represálias às medidas disciplinares adotadas no Sistema penitenciário. Após quase dois meses de trégua, bandidos voltaram a atacar uma base da Polícia Civil e Fortaleza.

O ataque ocorreu na noite de ontem (9) no pátio do 6º DP (Messejana), onde desconhecidos tentaram incendiar veículos apreendidos e de servidores que estavam no pátio externo daquela distrital situada na Avenida Padre Pedro de Alencar.

Com uma garrafa pet contendo gasolina, os criminosos, no entanto, somente conseguiram incendiar um dos carros. Ainda assim, os danos foram parciais. O fogo somente não se espalhou rapidamente porque ao lado da delegacia existe um quartel do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Os militares agiram rapidamente e logo as chamas foram contidas e apagadas.

As câmeras instaladas na frente da delegacia e também nos quartéis da PM e dos Bombeiros situados ao lado da delegacia podem ter colhido imagens da ação dos criminosos. Este fato deve ser verificado na manhã desta sexta-feira (10).

Fuga não

Informações não confirmadas indicam que os bandidos seriam três homens que fugiram do local em um veículo de cor branca, provavelmente, um carro modelo Corsa, cujas placas não foram anotadas. Nenhum bilhete foi deixado pelos incendiários. A delegacia está superlotada de presos, mas nenhum deles conseguiu fugir.

Do começo do ano até hoje, foram 32 ataques de criminosos no Ceará, a maioria em Fortaleza. No balanço dos atentados, foram oito delegacias atacadas.

Veja o resumo de todos os ataques criminosos no Ceará em 2016:

01 (18 de fevereiro) – Uma ameaça de bomba no prédio do Fórum Clóvis Beviláqua mobiliza o Esquadrão anti-Bombas da PM. O local é evacuado e não foram encontrados artefatos.

02 (2 de março) – Bandidos tentam incendiar um ônibus na Avenida Sargento Hermínio, no bairro Presidente Kennedy, na zona Oeste da Capital, e são detidos. Entre eles, dois menores.

03 (2 de março) – Bandidos incendeiam parcialmente um ônibus estacionado ao lado do Terminal de Passageiros do Siqueira.

04 (2 de março) – Criminosos tentam incendiar um ônibus que trafegava pela Rua Teófilo Cordeiro, no bairro Aerolândia.

05 (2 de março) – Ônibus incendiado por criminosos no fim da linha do bairro Abreulândia.

06 (2 de março) – Bandidos ateiam fogo em um ônibus no bairro Ancuri.

07 (2 de março) – Uma topique é atacada e incendiada nas ruas do bairro Genibaú.

08 (3 de março) – Quadrilha metralha fachada do prédio onde funciona o setor de atendimento e acompanhamento de egressos do sistema penitenciário, órgão da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus), localizado na Avenida Heráclito Graça, Centro, em Fortaleza.

09 (3 de março) – Bandidos atacam e metralham a fachada da delegacia do 19º DP (Conjunto Esperança), deixando as portas de vidros estilhaçadas. Tiros atingiram também paredes e móveis no setor de atendimento.

10 (3 de março) – Quadrilha metralha também a fachada da delegacia do 27º DP (João XXIII), em Fortaleza, deixando no local muita destruição, além de uma granada, que não explodiu.

11 (5 de março) – Bandidos atacam a delegacia do 23º DP (Conjunto Nova Metrópole), em Caucaia, deixando marcas de tiros nas dependências da distrital.

12 (6 de março) – Quadrilha metralha a fachada da delegacia do 3º DP (Otávio Bonfim), em Fortaleza, deixando muita destruição no local.

13 (27 de março) – Bandidos atacam e incendeiam um ônibus na Rua Juacir Sampaio Pontes, no Centro da cidade de Caucaia e deixam recado contra a instalação de bloqueadores de sinal de celular nos presídios.

14 (28 de março) – Um grupo armado tenta incendiar um ônibus em plena Avenida Dom Almeida Lustosa, no distrito de Jurema, em Caucaia.

15 (4 de abril) – Um carro roubado, com uma carga de 23 quilos de explosivos, é deixado ao lado da sede da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. O artefato foi removido pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Se houvesse a explosão, os efeitos seriam gravíssimos.

16 (12 de abril) – Bandidos atacam e incendeiam um ônibus no bairro Vila das Flores, no Município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. O motorista do coletivo é rendido e sofre queimaduras graves.

17 (12 de abril) – Homens armados tentam parar e incendiar um ônibus na Avenida Perimetral, no bairro Henrique Jorge. O motorista acelerou e os criminosos dispararam vários tiros atingindo a parte traseira e vidros do veículo.

18 (13 de abril) – Bandidos incendeiam a torre de telefonia celular da operadora Oi na localidade de Boqueirão de Araras, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

19 (13 de abril) – Uma ameaça de bomba mobiliza a Polícia para sede de uma empresa que presta serviços terceirizados à operadora de telefonia Oi, na Avenida Borges de Melo, próximo à Rodoviária de Fortaleza. O Gate faz uma varredura no prédio e não encontra os artefatos.

20 (13 de abril) – Bandidos incendeiam uma torre de de telefonia celular da operadora Oi na Rua Bragança, no bairro Granja Portugal, no Grande Bom Jardim, zona Sul de Fortaleza.

21 (14 de abril) – Bandidos atacam a sede da Câmara Municipal da cidade de Sobral, na zona Norte do Estado (224km de Fortaleza), picham as paredes com a sigla do PCC e detonam vários coquetéis molotov (bombas caseiras).

22 (14 de abril) – Detentos iniciam uma série de rebeliões simultâneas em três unidades do Sistema Penal: CPPL I (Itaitinga), Presídio do Carrapicho e Centro de Triagem Criminológica (ambos em Caucaia).

23 (14 de abril) – Ameaça de invasão à sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segurança no local foi reforçada.

24 (14 de abril) – Ameaça de invasão ao Instituto Doutor José Frota (IJF)

25 (14 de abril) – Bandidos atiram coquetel molotov contra uma viatura da PM no pátio do Quartel do 3º BPM, em Sobral. Ninguém ficou ferido

26 (14 de abril) – Bandidos tentam incendiar um ônibus do transporte escolar da prefeitura de São Benedito na cidade de Tianguá.

27 (15 de abril) – Bandidos incendeiam uma torre de telefonia celular da operadora Oi, na Rua Osmar Lima, no Parque Jerusalém, no Canindezinho.

28 (15 de abril) – Bandidos disparam tiros contra um micro-ônibus da PM na base de vigilância e de prevenção às drogas no bairro Genibaú

29 (16 de abril) – Ataque a uma antena da operadora Oi no bairro Mondubim. Dois suspeitos acabaram presos pela Polícia.

30 (16 de abril) – Coquetéis molotov arremessados no pátio da Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itapajé, causando incêndio em motocicletas apreendidas.

31 (21 de abril) – Tiros disparados contra a delegacia do 8º DP (José Walter), em Fortaleza

32 (9 de junho) – Bandidos incendeiam um carro no pátio do 6º DP (Messejana) e fogem sem disparar tiros.

Via Cearanews7

3 comentários:

VOlência???? Foi o estagiário!!!

e porque o ´povo nao sabe o0 que o governo determinou que os orgaos publicos nao podem dar mais noticias pq tem que esconder tudo debaixo do tapete

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More