CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Temer sanciona sem vetos reajuste de 41,5% para servidores do Judiciário

Reajuste será pago em 8 parcelas e custará R$ 1,7 bilhão aos cofres públicos somente neste ano.
O presidente interino, Michel Temer, sancionou nesta quarta-feira (20), sem vetos, o reajuste salarial para os servidores do Judiciário e do MPF (Ministério Público Federal), incluindo os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

As propostas foram aprovadas no fim do mês passado pelo Senado Federal, e determinam reajuste de 41% dividido em oito parcelas aos servidores do Judiciário e de 12% aos funcionários do MPF. As duas leis serão publicadas na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial da União.

O reajuste para os servidores do Judiciário custará aos cofres públicos R$ 1,7 bilhão somente neste ano. Os aumentos serão pagos gradativamente em parcelas até 2019, e, no ano que vem, vão gerar impacto de mais de R$ 5 bilhões.

Além do vencimento básico, as medidas preveem aumentos na gratificação judiciária e dos cargos em comissão. À época da aprovação, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que os reajustes não teriam impacto negativo nas contas do governo.

R7

3 comentários:

Fala sério! Crise no Brasil? KKKKKKKK. Punição para os corruptos? KKKKKKK.
TEMER bonzinho.

ora mais,sem veto,quem vai querer proibir um aumento de salário,é lógico que ninguém,né.Tem matéria que eu vou te contar,viu.
E só pra reforçar,esse temer é advogado bem renomado e com certeza deve ter parentes bem próximo dele ocupando cargo público no ramo do judiciário,daí vcs tiram esse reajuste.

Lula e Dilma foram os presidentes dos pobres.já os outro sempre foram os dos ricos.
Quero ver ele sancionar o aumento do salário mínimo em mais de 40 por cento!?
Êta crabra bom!
Nossos políticos quebraram mosso país e destroem o hora de seu povo.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More