CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

terça-feira, 26 de julho de 2016

TERROR EM FORTALEZA: Bandidos armados atacam clínica médica na Aldeota e fazem reféns

Momentos de pavor viveram funcionários e clientes de uma clínica médica situada no bairro Aldeota, no começo da noite desta segunda-feira (25), quando o local foi atacado por bandidos armados. Cerca de 25 pessoas, entre elas, várias crianças pequenas, viraram reféns nas mãos dos criminosos por cerca de 20 minutos.

Câmeras de segurança da clínica captaram as imagens da ação violenta dos assaltantes. O crime foi praticado por três jovens – dois homens e uma mulher – armados com revólveres e pistolas. Um deles dizia a todo momento que já havia matado dois policiais militares e ameaçava fazer o mesmo com alguém que tentasse reagir.
Imagens mostra a jovem que comandava o ataque. Ela está armada
Em pânico, várias crianças começaram a chorar, fato que irritou os criminosos. Um deles mandava os pais controlar as crianças para que elas parassem de gritar, ao mesmo tempo em que fumava e jogava a fumaça na cara das crianças.

A jovem que participava diretamente do assalto era uma das mais violentas e parecia comandar os comparsas. De arma em punho, ela rendeu as pessoas que estavam na recepção com seus filhos e aguardavam serem chamados para o atendimento médico nos consultórios.

O pânico se estendeu também às salas onde eram realizados os procedimentos médicos. Os pacientes foram ameaçados assim como os profissionais que os atendiam. Um médico teve um ataque nervoso. Alguns reféns foram obrigados a tirar a roupa.

Os bandidos somente foram embora depois de roubar tudo o que podiam, entre celulares, bolsas, carteiras, relógios, joias, documentos e chaves de veículos. Um dos ladrões chegou a dizer que já havia feito mais de 15 assaltos.

Com os reféns todos dominados, os três ladrões fugiram sem deixar pistas, mas já teriam sido identificados pela Polícia e agora são caçados.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More