CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Servidores do Estado vão à Justiça cobrar reposição salarial

A decisão foi tomada em reunião do Fórum dos servidores, realizada na manhã desta quarta-feira, 03/08, no auditório do Sindsaúde.
Já são 216 dias sem reajuste salarial. Com data base em janeiro, os servidores públicos do Estado não aceitam mais perdas e estão dispostos a ingressar com ação na Justiça para cobrar a reposição salarial da categoria. Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 03/09, no auditório do Sindsaúde, representantes de várias entidades do Fuaspec, Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará, discutiram sobre os próximos passos na luta pelo reajuste da categoria.

Participaram da reunião entidades representativas dos policiais, dos fazendários, dos servidores da educação, do Detran e da saúde, entre outras. Em votação, a categoria decidiu que vai entrar na Justiça com ação coletiva, cobrando a reposição salarial dos servidores.

Além disso, ficou definido ainda que um grande ato será realizado para pressionar o Governo do Estado. Será no dia 18 de agosto, às 8 horas da manhã, no Palácio da Abolição. Uma comissão foi instituída para organizar o ato e mobilizar os servidores de todas as pastas do Estado.

No último dia 29 de julho, em reunião na Secretaria do Planejamento do Estado, foi proposta uma agenda de negociações com as categorias, individualmente. A ideia do governo é receber para negociar duas categorias por mês. Em agosto, está prevista a negociação com os servidores da Seduc e Universidades. Em setembro, Adagri. Na próxima terça-feira, 09/08, uma nova reunião do Fuaspec será realizada no auditório do Sindsaúde para discutir sobre esse calendário de negociações. Para a presidente do Fuaspec, Eliene Uchôa, essas negociações individuais não devem interferir na mobilização da categoria pelo reajuste. “Vamos discutir as pautas específicas de cada categoria, mas o reajuste salarial continua sendo uma reivindicação de todos nós”- afirmou. “Vamos pra Justiça e vamos pras ruas em defesa dos nossos direitos.”

Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará.

2 comentários:

A solução para toda essa problemática é todo mundo votar no Camilo novamente. Como me orgulho do PT. Partido safado. Acabou com o Brasil...

Mas hoje em dia todo doidim tem uma moto um carro.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More