CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 27 de novembro de 2016

Palmeiras vence e conquista título Brasileiro após jejum de 22 anos

Com gol do lateral Fabiano, time de Cuca bateu a Chapecoense por 1 a 0 no Allianz Parque e se sagrou eneacampeão após campanha irreprimível.
O Palmeiras é campeão brasileiro de futebol. Eneacampeão. 

O jejum de 22 anos ficou para trás. As críticas ao 'Cucabol' ficaram para trás. O 'cheirinho' já havia ficado, mas cabe relembrar.

Bastava apenas um empate para garantir o título do campeonato mais importante do futebol brasileiro, mas a equipe de Cuca tratou de bater a Chapecoense na tarde deste domingo (27), por 1 a 0, no Allianz Parque – que teve recorde de público para a celebrar junto ao time. O gol da partida foi marcado pelo lateral-direito Fabiano.

Com o resultado em São Paulo, a vitória do Flamengo sobre o Santos no Maracanã deixou de importar, mas foi um fato a mais a ser comemorado pelos palmeirenses. O que também já não importa ao torcedor é a tabela de classificação, mas vamos a ela: Palmeiras líder e campeão com 77 pontos, sete a mais que o segundo colocado, Flamengo. 

O time de Cuca e de Dudu, que foi o escolhido para erguer a taça de campeão, volta a campo no próximo domingo (4) para cumprir a tabela diante do Vitória, que ainda luta contra o rebaixamento.

O técnico Cuca promoveu duas novidades na equipe titular do Palmeiras para o jogo deste domingo (27): as entradas de Edu Dracena e Fabiano nos lugares de Yerri Mina e Cleiton Xavier. Do outro lado, era esperado que o técnico Caio Junior manda-se a campo um time misto, visando a disputa da final da Copa Sulamericana, mas a Chapecoense levou seu time titular ao gramado do Allianz Parque.

E o time de Chapecó conseguiu evitar o abafa inicial palmeirense durante os primeiros 15 minutos da partida, sempre recuperando a bola no meio de campo e evitando que os jogadores do Palmeiras no setor tivessem tempo para organizar as jogadas. A Chapecoense chegou até a assustar a meta de Jailson em um cabeceio de Sérgio Manoel que saiu à direita.

Mas o Palmeiras começou a buscar mais o jogo e chegou ao seu gol aos 24 minutos em uma jogada 'quase ensaiada'. Em cobrança de falta, Dudu pisou para Zé Roberto, que rolou na entrada área para Gabriel Jesus. O camisa 33 fez o corta-luz e Moisés desviou de letra, mas a bola espirrou. O lateral-direito Fabiano conseguiu aproveitar o lance com um surpreendente toque que encobriu o goleiro Danilo e fez explodir o Allianz Parque.

O gol deu moral ao time de Cuca, que conseguiu criar duas boas chances com Gabriel Jesus e dominou completamente o restante do primeiro tempo.
Segundo tempo

Se o Verdão não se impôs no início do jogo, o mesmo não se pode dizer do segundo tempo. O time de Cuca fez uma blitze em busca do segundo gol e criou seguidas chances, inflamando ainda mais a torcida que bateu recorde de público no Allianz Parque: 40.986 pagantes.

Aos 7 minutos, Moisés lançou Róger Guedes após longa troca de passes e o camisa 23 bateu forte, por cima. Na sequência, aos 10 minutos, Tchê Tchê bateu cruzado, com perigo, à direita. O próprio Tchê Tchê, no minuto seguinte, deu um londo chapéu dentro da área, mas acabou bloqueado na hora do arremate.

Após a série de ataques nos 20 minutos iniciais, o Palmeiras diminuiu o ritmo e Cuca mandou a campo Gabriel e Thiago Santos nos lugares de Fabiano e Tchê Tchê.

Para completar a festa, foi promovido ainda o retorno de Fernando Prass aos gramados. O ídolo da torcida entrou no fim do jogo na vaga de Jailson, que saiu reverenciado pelos torcedores.

O título marca ainda a despedida de Gabriel Jesus do Allianz Parque. O jovem centroavante jogará apenas mais um jogo com a camisa do Palmeiras, Salvador, e depois seguirá para a Inglaterra, onde defenderá as cores do Manchester City.

Fonte: IG

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More