ATENÇÃO PROPRIETÁRIOS DE MOTOCICLETAS! CONFIRA A PROMOÇÃO DA SOBRAL RASTREADORES

TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212 - Clique AQUI e saiba mais...

BLOG SOBRAL 24 HORAS - MAIS DE 130 MILHÕES DE ACESSOS!

domingo, 23 de abril de 2017

Cantor Jerry Adriani morre aos 70 anos, no Rio de Janeiro

Morreu na tarde deste domingo (23), aos 70 anos, o cantor Jerry Adriani. A informação foi divulgada pela família no Facebook do músico.

Ele estava internado desde o dia 7 de abril na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Vitória, no Rio, para tratar um câncer. Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório e o enterro.

Em março, Adriani foi internado por causa de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas depois de receber alta, voltou a ser levado para o hospital devido a complicações.

Após a primeira internação, Adriani chegou a publicar nas redes sociais um vídeo para tranquilizar os fãs. “Para que não se criem falsas verdades, a gente está dizendo que está tudo sob controle e logo, logo estaremos fora daqui para cantar de novo para você. Não vai demorar, se Deus quiser", disse o cantor.

Batizado de Jair Alves de Souza, Jerry Adriani começou a carreira gravando canções em italiano, mas estourou mesmo durante a Jovem Guarda, nos anos 1960. Neto de imigrantes do Brás, antigo bairro operário de São Paulo, Jerry Adriani aprendeu ainda criança canções italianas com a avó materna e estudou acordeão. Seu primeiro disco, "Italianíssimo", foi lançado em 1964.

Adriani também fez carreira na televisão, sendo concorrente de Roberto Carlos com atrações dedicadas ao público jovem da época, como o "Excelsior a Go Go" (1966) e o "A Grande Parada", da TV Tupi (1967/1968).

Nos anos 1980, ele foi redescoberto pela nova geração, em muito pela semelhança de seu timbre vocal com o do cantor Renato Russo, de quem, inclusive, chegou a participar de show-tributo. Entre seus grandes sucessos estão "Querida", "Tudo o que É Bom Dura Pouco" e "Doce, Doce Amor", composta por Raul Seixas, que foi seu produtor.

Adriani tinha completado 70 anos em janeiro deste ano e vinha fazendo shows pelo Brasil desde 2014.

Batizado de Jair Alves de Souza, Jerry Adriani começou a carreira gravando canções em italiano, mas estourou mesmo durante a Jovem Guarda, nos anos 1960. Neto de imigrantes do Brás, antigo bairro operário de São Paulo, Jerry Adriani aprendeu ainda criança canções italianas com a avó materna e estudou acordeão. Seu primeiro disco, "Italianíssimo", foi lançado em 1964.

Adriani também fez carreira na televisão, sendo concorrente de Roberto Carlos com atrações dedicadas ao público jovem da época, como o "Excelsior a Go Go" (1966) e o "A Grande Parada", da TV Tupi (1967/1968).

Nos anos 1980, ele foi redescoberto pela nova geração, em muito pela semelhança de seu timbre vocal com o do cantor Renato Russo, de quem, inclusive, chegou a participar de show-tributo. Entre seus grandes sucessos estão "Querida", "Tudo o que É Bom Dura Pouco" e "Doce, Doce Amor", composta por Raul Seixas, que foi seu produtor.

Adriani tinha completado 70 anos em janeiro deste ano e vinha fazendo shows pelo Brasil desde 2014.

Fonte: Música Uol

1 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More