RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

ADVOGADO DO AGRESSOR DE BOLSONARO DIZ TER SIDO CONTRATADO POR RELIGIOSO DA IGREJA TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

Um dos quatro advogados de defesa do agressor de Jair Bolsonaro (PSL) atuou em casos de grande repercussão, como o do goleiro Bruno e da missionária americana Dorothy Stang. O criminalista Zanone Manuel de Oliveira Junior afirmou que não conhecia Adélio Bispo de Oliveira, autor do ataque com uma faca durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG), e que foi contratado por um religioso de Montes Claros.

“Uma pessoa ligada à igreja dos testemunhas de Jeová de Montes Claros me telefonou na quinta pedindo para eu pegar o caso”, disse o advogado.

Segundo ele, esse colaborador pediu anonimato e já pagou os trabalhos da defesa realizados até agora em Juiz de Fora. Ele não revelou valores.

“(Essa pessoa) conhecia o Adélio. Acho que fez por filantropia, acredite se quiser”, afirmou.

Zanone Junior e outros três defensores – Pedro Augusto de Lima Felipe e Possa, Fernando Costa Oliveira Magalhães e Marcelo Manoel da Costa – estiveram presentes na audiência de custódia realizada pela Justiça de Juiz de Fora ontem.
Durante a sessão, a juíza Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho converteu a prisão de Adélio Oliveira de flagrante para preventiva. Em seu parecer, ela afirma que o próprio acusado admitiu sua participação no delito, sustentando motivação religiosa e divergência de opinião do plano político defendido por Bolsonaro.

Para justificar como o colaborador anônimo chegou até ele, o advogado Zanone Junior disse que é bastante conhecido na região de Montes Claros. Afirmou ser professor universitário e palestrante em cursinhos de preparo para concursos públicos. E afirmou que, como especialista em casos de homicídio, completou 1.038 juris na semana passada.

Até hoje, Zanone Junior atua no caso do goleiro Bruno Fernandes, acusado de matar a modelo Eliza Samudio, sua ex-amante. Zanone defende o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, condenado pelo assassinato. O advogado também atuou na defesa de Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, apontado como um dos mandantes da missionária americana Dorothy Stang.

Parentes de Adélio Oliveira em Montes Claros passaram a sexta-feira tentando estabelecer algum tipo de contato com os advogados. Eles sequer sabiam quem eram os defensores, tampouco como a defesa está sendo conduzida. A expectativa era de que os advogados pleiteassem uma transferência para uma unidade prisional mais próxima da cidade da família para dar algum suporte emocional ao acusado.

Fonte: Blog do BG

9 comentários:

Eu vejo isso como quem quer se promover em com de um caso que tem notoriedade internacional, a alegação de que está sendo pago pelas testemunhas de Jeová foi irresponsável por parte de desse advogado, e acho que o corpo jurídico desse grupo religioso deve agir rápido, pois eles desenvolve um trabalho bonito, muitas vidas, ou milhões delas, foram transformadas em virtude daquilo que aprendem das testemunhas de Jeová, e agora esse comentário irresponsável pode trazer apatia contra esse povo tão pacifico, ainda nesse momento tão delicado que vivemos, por favor não deem créditos ao que foi falado, a verdade vira a tona.

Este comentário foi removido pelo autor.

Isso e uma calúnia. As Testemunhas de Jeová, nem tomam partido político, elas são totalmente neutras. Elas acreditam que os governos humanos não tem e nunca terá a capacidade de supros a necessidade da humanidade. Elas acreditam que somente o governo de Deus que vai solucionar. citando a oração do pai Nosso (Venha nos o teu reino, seja feita a sua vontade, aqui na terra como e feita no céu). Mais nessas alturas o corpo jurídico já deve ter dado entrada afim de de resolver essa questão. Detalhe: Não sou testemunha de Jeová.

Isso foi mandado pelo sapo barbudo LULA e o PT!! Viram que todo o Brasil está com Bolsonaro e tentaram dar um fim.

Advogados pagos à peso de ouro, com certeza pagos com dinheiro público.

que religião é essa? Pelo amor de Deus! O que é isso? Isso é o fim do mundo mesmo

No conexão repórter tem a matéria completa. Nenhum momento diz o citado na matéria. O povo acredita em tudo naaam. A matéria disse q ele é evangelho(E não testemunha de Jeová) e fez isso por conta própria sem ser a mandado de ninguém. Os advogados se pronunciaram e nada se confirma com o falado na matéria.

Por isso nunca gostei dessa religião, a pessoa não pode doar e nem receber sangue, não pode votar e nem ser votado, não toma a bênção aos pais. Deus me livre dessa mau hora

Engraçado que se fosse um cidadão pai de família que tivesse matado um vagabundo em legítima defesa, não aparecia um pra pagar advogado pra ele.

Nunca vi um país apoiar tanto vagabundo como o Brasil, acho q é por isso q está do jeito q está

É verdade que nessa religião os membros não podem votar, não podem doar e nem receber sangue, não podem tomar a bênção aos pais e parentes. Isso é verdade?????

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More