ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 8 de abril de 2014

Quatro curiosidades sobre sexo que você não sabia

Yahoo Brasil - iStock

Sobre sexo todo mundo entende. Sempre tem alguém para dar uma dica, falar qual a melhor posição nesse ou naquele momento ou adivinhar quais as melhores maneiras para chegar ao orgasmo. Mas será que entender como nosso corpo funciona ou como os nossos antepassados cuidavam dos seus corpos não pode ser importante?

Escolhemos algumas curiosidades para dividir com você. Um pouquinho de conhecimento não faz mal a ninguém, certo?

Voz fina e espermatozóide saudável

Em 2012, cientistas observaram uma ligação entre o tom de voz masculino e a qualidade do seu sêmem. Os homens com voz fina podem não ser apontados por aí como donos de vozes sedutoras ou másculas, porém são eles que terão mais facilidade para reproduzir: a concentração de espermatozóide no sêmem deles é maior do que no dos homens com vozes grossas e ditas másculas.

Sistema reprodutor único

Basta olhar para um pênis e uma vagina para saber que são coisas diferentes. Mas o que tem por dentro do corpo ligado a eles? Até o começo do século 18 acreditava-se que era a mesma coisa: a vagina era um pênis invertido, o útero era uma versão do escroto e os ovários eram os testículos. Aliás, esses nomes nem existiam ainda! Os nomes masculinos eram usados também para falar sobre o sistema reprodutor feminino. Tudo isso era baseado nos estudos do médico grego Galeno de Pérgamo, que viveu há quase 2.000 anos.

Camisinha do passado

Preservativos são invenções relativamente novas, assim como a pílula anticoncepcional. Mas a vontade de fazer sexo apenas por diversão, não, isso sempre existiu. Então, é claro que as pessoas tentavam dar um jeitinho. A revista Journal of Family Planning and Reproductive Health Care, em 2011, falou sobre um documento chamado Papiro Ginecológico de Kahun, de 1825 aC, que descreve alguns métodos contraceptivos: aplicação de mel no interior da vagina enquanto a mulher estava deitada em uma cama de carbonato de sódio era uma delas, a outra era o uso de esterco de crocodilo no colo do útero ou queimado como incenso. Mas o texto não explica como o incenso poderia evitar uma gravidez indesejada.

Quer cantar melhor? Tire as bolas de campo!

Isso poderia ser uma piada – de péssimo gosto, é claro -, mas não é. A voz aguda era muito valorizada na área que viria a se tornar a Itália e apenas homens podiam cantar. Durante os século 17 e 18, famílias pobres apostavam todas as suas cartas em seus filhos e queriam que eles fossem os novos grandes astros da música, por isso os castravam para que suas vozes não amadurecessem.

Fonte: Yahoo

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More