ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Damares vai procurar mulher que foi recusada pelo INSS

Cleomar Marques declarou que teve benefício negado por não poder assinar.
A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que vai procurar, nesta quinta-feira (23), a mulher amputada das mãos e das pernas que teve o benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) negado por não poder assinar os documentos que autorizariam os pagamentos por parte da Previdência. O fato aconteceu em Porto Velho, capital de Rondônia.

– Amanhã [quinta, 23] já vamos atrás dela – escreveu a ministra em sua conta no Twitter.

A situação foi denunciada pela ex-sinaleira Cleomar Marques que, em uma entrevista, disse ter entrado com três pedidos para receber benefício do INSS e que teve todos as solicitações negadas. Em uma das ocasiões, segundo ela, a alegação para a reprovação foi o fato dela não poder assinar os documentos.

– Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora – declarou.

Procurado, o INSS afirmou que os pedidos de Cleomar foram indeferidos, primeiramente, por falta de período de carência, e em uma segunda ocasião, por apresentar renda per capita familiar acima de 25% do salário mínimo. O instituto afirmou que Cleomar pode procurar o órgão para requerimento de um novo benefício.

(P.News)
Foto: Rede Amazônia

2 comentários:

Manda ela ir atras de mas de 2 milhoes de velhinhos que estao morrendo de depresao por ter o beneficio supenso ou negado

Esta senhora não tem mãos nem pernas, mas os servidores do INSS não tem coração.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More