SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

sábado, 10 de abril de 2021

APÓS STF INTERFERIR NO SENADO, SENADORES COBRAM CPI DA "LAVA TOGA"

Um dia após o STF obrigar o Senado Federal instalar e abrir a CPI da Covid para investigar apenas os gastos e supostas omissões do presidente Jair Bolsonaro, senadores iniciaram uma sequência de disparos de questionamentos sobre a possível abertura da CPI da Lava Toga, que investigará abusos e suposta corrupção no judiciário com venda de sentenças. Por exemplo, o líder do PSDB e vice-líder do governo no Senado, Izalci, disse não concordar com a interferência de Barroso. “Acho que o Supremo, se tivesse que tomar uma atitude, tinha que ser uma atitude de plenário. E mesmo assim, sem interferir nos Poderes”, afirmou. Em seguida alfinetou e mandou uma indireta ao STF: “Será que o Barroso vai também determinar a abertura da CPI da Lava Toga? Não sei”, questionou o senador. Vale lembra-los que foi o próprio governo Bolsonaro que atuou, nos bastidores, para barrar a CPI da Lava Toga e os pedidos de impeachment de ministros do STF.

(Revista Ceará)
(Foto: José Cruz)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More