quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Juiz autoriza arrombamento de imóvel de Ronaldo Giovanelli

O juiz Cláudio Pereira França, da 2ª Vara Cível do Foro de Tatuapé, do Tribunal de Justiça de São Paulo, autorizou o arrombamento, com força policial, de um apartamento duplex do ex-goleiro Ronaldo Giovanelli, localizado em Tatuapé, na Zona Leste da capital paulista.

O arrombamento foi determinado como forma de garantir a entrega do duplex de 145 metros quadrados ao vencedor de um leilão realizado em 2021, mas ocorrerá apenas se as portas do imóvel não forem abertas voluntariamente ao oficial de Justiça que irá cumprir a ordem de entrega.

Comprado por Ronaldo em 1991, quando ele ainda jogava no Corinthians, o apartamento foi leiloado por determinação judicial em razão de um processo por dívida de condomínio aberto contra o ex-goleiro. De acordo com o edifício onde o imóvel está localizado, Ronaldo deixou de pagar 86 parcelas de condomínio entre novembro de 2011 e março de 2019.

Atualmente trabalhando como comentarista esportivo na Band, Ronaldo havia recorrido da decisão alegando não ter recebido os boletos de condomínio ao longo dos meses e apontando supostas ilegalidades nas assembleias nas quais os reajustes dos valores foram aprovados. No total, a dívida somaria cerca de R$ 169 mil, em valores de maio de 2019.

Em sua defesa, o ex-atleta questionou também a perícia que avaliou o apartamento em R$ 950 mil. Segundo ele, o valor correto seria de R$ 1,5 milhão. No leilão, o imóvel foi arrematado por cerca de R$ 613 mil. A quantia arrecadada será utilizada para o pagamento da dívida com o condomínio e a diferença será devolvida a Ronaldo.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More