PROTEJA SEU PATRIMÔNIO: RASTREADORES E BLOQUEADORES VEICULARES SEM MENSALIDADES

TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212 - Clique AQUI e saiba mais...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Jovem que leiloou a virgindade diz ter sido enganada e explorada

"Sinto que fui vítima. Eu fui enganada por Justin Sisely. Acredito que ele está tentando me enganar", afirmou Catarina ao "Huffington Post"

Catarina MiglioriniFoto: Reprodução


Catarina Migliorini se tornou fenômeno mundial ao leiloar a virgindade ano passado por US$ 780 mil (cerca de R$ 1,7 milhão). Agora, a brasileira de 21 anos, que diz continuar virgem, está dizendo ter sido "enganada e explorada" e ser "vítima".

"Sinto que fui vítima. Eu fui enganada por Justin Sisely. Acredito que ele está tentando me enganar", afirmou Catarina ao "Huffington Post", citando o diretor do documentário "Virgins Wanted", que registrou a venda da virgindade da brasileira e a do russo Alexander Stepanov.

A primeira vez de Catarina foi comprada por um milionário japonês de 53 anos identificado como Natsu. Mas, quando a brasileira foi encontrar o vencedor do leilão em um restaurante em Sydney (Austrália), desistiu de entregar a ele a virgindade. Segundo Catarina, a descrição do japonês não batia com a que Sisely havia passado a ela.

Catarina ainda acusa o documentarista de não ter pago as despesas de viagem à Austrália e o dinheiro prometido pela participação no projeto, independentemente do leilão da virgindade.

Sisely negou as acusações ao "Huffington Post" e acusou a brasileira de romper o contrato ao não honrar o compromisso sexual. Catarina, entretanto, diz que não há uma cláusula no contrato que a obrigue a perder a virgindade.

"Justin me fez acreditar que era um documentário sério sobre virgens e disse que poderia ou não haver um leilão no fim", comentou.

Segundo ela, após encontrar o documentarista em Bali (Indonésia), o anúncio do leilão foi lançado na internet. Sentindo-se pressionada, Catarina resolveu levar a situação adiante, convencida por Sisely, segundo sua versão, que seria a melhor forma de o projeto ganhar publicidade.

De acordo com o documentarista, a brasileira deveria entregar a virgindade ao vencedor em um voo que partiria da Austrália ou da Indonésia para os Estados Unidos. O vencedor do leilão teria que usar camisinha e não poderia realizar qualquer fetiche. O ato também não seria filmado.



Page Not Fond

3 comentários:

BEM FEITO PRA NÃO SER VAGABUNDA.QUE IDIOTA ESSA VADIAKKKKKKK

TA NA CARA ISSO AI NUNCA FOI VIRGEM.

A vai tomar no cu e se foder essa mina ai meu oque eu faço com o carro que eu compro se ele é meu e eu paguei deixo quem quiser dirigir bato ele lavo se quiser, se ela ta vendendo essa porra o cara que compra faz oque quiser ela ainda queria exigir que foço um galam. garota sabe oque uma vagabunda faz, oque o cara que tiver pagando quiser, e você é vendida, você não tem nada de especial, tirar um cabacinho, é a coisa mais fácil que tem, depois que o teu for em bora acabou a novidade para esse bando de idiota que parece que não tem capacidade de cortejar uma mulher virgem e saber desfrutar, o prazer com ela....

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More