CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Em um ano e meio do governo de Camilo Santana, 30 policiais foram assassinados no Estado do Ceará

Os números são trágicos para as polícias Civil e Militar na gestão do petista Camilo Santana. Em um ano e seis meses à frente do Governo do Ceará, ele tem na sua conta a morte de, nada menos, que 30 policiais. No ano passado foram 15. Em 2016, outros 15 apenas no primeiro semestre. Somem-se a isto, dezenas de baleados e alguns que ficaram definitivamente paraplégicos ou tetraplégicos. Viúvas e órfãos são também dezenas.

Veja a lista dos policiais civis e militares mortos entre 2015 e 2016 no Ceará:

POLICIAIS MORTOS NO CEARÁ EM 2015

01 (14.01) – SAMUEL RODRIGUES TABOSA, soldado da PM, morto em tentativa de assalto na porta de casa, no Conjunto Prefeito José Walter.

02 (28.01) – TONY ÍTALO LIMA PINHEIRO, inspetor da Polícia Civil, baleado em uma tentativa de assalto na Rua Monsenhor Salazar, no bairro São João do Tauape. Morreu três dias depois.

03 (02.03) – SELBIANO FREIRE BARROSO, soldado PM morto em um assalto nas dependências de um cartório no bairro Maraponga.

04 (08.06) – ANTÔNIO MÁRCIO RIOS DE SOUSA, inspetor da Polícia Civil, morto a tiros por bandidos durante assalto a uma lan house no bairro Monte Castelo , em Fortaleza.

05 (12.06) – MARIA GORETE DE OLIVEIRA, inspetora da Polícia Civil, assassinada a tiros por um assaltante na Avenida José Leon, no bairro Parque Manibura.

06 (24.06) – DOUGLAS DOS SANTOS SILVA, soldado PM, assassinado por bandidos na Rua Riacho Doce, no bairro Mondubim. Caso sob investigação 

07 (31.07) - JESSÉ DE MOURA FREIRE NETO, subtenente PM assassinado durante uma tentativa de assalto no Centro de Fortaleza.

08 (03.08) – LUCIANO TAVARES SIMÕES, sargento PM, 64 anos, da Reserva, assassinado e tem o corpo carbonizado na cidade de Russas.

09 (14.08) – CÍCERO SOARES, soldado PM, faleceu em decorrência de tiros sofridos aos reagir a um assalto em um supermercado na cidade de Barbalha, no dia 4.8.2015

10 (29.08) – JOÃO AUGUSTO DA SILVA FILHO, ex-sargento PM, conhecido por “Joãozinho Catanã”, é assassinado, a tiros, na porta de sua casa, no bairro Dom Lustosa. A Polícia suspeita de um caso de vingança. Ele era suspeito de chefiar uma milícia ligadas à vigilância clandestina.

11 (08.09) – LUÍS GOMES PLÁCIDO, 54 anos, sargento da Reserva da PM assassinado a golpes de faca em um suposto crime passional na localidade de Garrote, no Município de CAUCAIA. O acusado, Fernando Antônio Sousa Dias, preso em flagrante.

12 (08.10) PAULO ROBERTO COSME BEZERRA, 44 anos, escrivão da Polícia Civil do Ceará, lotado na Delegacia Municipal de Pacajus, foi assassinado, a tiros, quando se encontrava em um restaurante na Avenida Washington Soares, no bairro Messejana. Suposta pistolagem.

13 (11.11) – VALTEMBERG CHAVES SERPA, Soldado da Polícia Militar, destacado no 16º BPM (Messejana), foi morto, com um tiro na cabeça, durante uma tentativa de assalto no campo da Uniclinic, no bairro Lagoa Redonda.

14 (14.11) – JOSÉ MARQUES FERREIRA, Cabo da PM, destacado no Tribunal de Justiça do Estado, tentou intervir no assalto a uma agência lotérica e foi morto a tiros. Crime ocorreu na Avenida Lineu Machado, no bairro João XXIII, em Fortaleza.

15 (31.12) – ANTÔNIO ROBÉRIO DE OLIVEIRA, Policial civil do Distrito Federal, cearense. Foi assassinado, a tiros, ao reagir a um assalto em BEBERIBE, onde passava férias com a família. Bandidos atiraram contra o agente.

POLICIAIS MORTOS NO CEARÁ EM 2016

01 (07.01) – HUDSON DANILO DE OLIVEIRA, policial militar, soldado, baleado por assaltantes durante uma ocorrência de roubo em uma fazenda na zona rural do Município de Jaguaretama. Morreu dois dias depois no IJF-Centro.

02 (19.01) – BENEDITO GOMES ASSUNÇÃO , policial militar, graduação de subtenente, baleado e morto durante uma briga de trânsito na cidade de Juazeiro do Norte. Dois suspeitos do crime foram presos em flagrante.

03 (28.01) – JOSÉ EUDES DA SILVA MONTE, policial militar, na graduação de sargento, morto a tiros durante assalto a um coletivo no bairro Conjunto Ceará.

04 (12.02) – AUGUSTO HERBERT FÉLIX, policial militar, destacado no BPRaio, morto numa tentativa de assalto na Travessa Santo Amaro, no bairro Pici.

05 (19.02) – CARLOS HERBÊNIO ALMEIDA BEZERRA, graduação de subtenente, comandante do Destacamento da PM na cidade de Jaguaretama. Morto por bandidos quando fazia cooper.

06 (06.04) – ÁLISSON PAULINELLI MEDEIROS DE MENDONÇA ,policial civil (inspetor), assassinado por bandidos durante uma tentativa de assalto no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. Ele matou um dos ladrões.

07 (18.04) – FRANCISCO WELLINGTON DA SILVA, policial militar, subtenente da PM, morto a tiros durante assalto dentro da agência do Bradesco de Pacajus.

08 (24.04) – MARCELO ANDRADE VIANA, policial militar (soldado), destacado na Cavalaria, estava em Licença para Tratamento de Saúde (LTS), morreu numa troca de tiros com colegas de farda, na Barra do Ceará. Atirava no portão da casa da ex-esposa e reagiu na chegada de uma patrulha do Ronda do Quarteirão. Morte considerada suspeita.

09 (07.05) – ANTÔNIO ANDERSON DO NASCIMENTO, 25, policial militar (soldado), destacado em Alcântaras, foi morto, a tiros, na cidade de Sobral, ao tentar evitar um homicídio no bairro Sinhá Sabóia.

10 (08.05) – JOSÉ ROBERTO LEMOS, policial militar (soldado), destacado no BPRAIO da cidade de Juazeiro do Norte, morto numa troca de tiros com traficantes em um bar no bairro Aparecida, na periferia da cidade de Campos Sales.

11 (23.05) – EVANDRO ALVES RAMOS, Soldado da Reserva Remunerada da Polícia Militar, baleado e morto durante um jogo de baralho em um bar na Rua Professora Maria Clara, no bairro Jardim Iracema.

12 (10.6) – JOSÉ FARIAS DO NASCIMENTO – Sargento da Reserva da PM, morto a tiros ao entrar em uma loja situada no bairro Santa Teresa, na cidade de Juazeiro do Norte.

13 (30.06) – FRANCISCO GUANABARA FILHO – Sargento da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

14 (30.06) – ANTÔNIO JOEL DE OLIVEIRA PINTO – Cabo da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

15 (30.06) –ANTÔNIO ALVES FILHO – Soldado da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

6 comentários:

Não vejo ninguem dos direitos humanos nesse momento. Se fosse um bandido morto tava todo mundo culpando a policia. Pense num Brasil fulerage.

Sei q nao ta bom. Mais quem escolheu o governo camilo foi o povo agora ta cem jeito

Sei q nao ta bom. Mais quem escolheu o governo camilo foi o povo agora ta cem jeito

que culpa tem o Governador meu povo, não tem culpa se existe marginais não...

temos que nos unirmos,e sairmosa ás ruas de todo brasil pedindo socorro,para que possamos mudar estas leis urgentimente, porque ficar lamentando só depois da disgraça não ta resovendo nada.hoje esse tipo de coisa, viraram bichos predadores. nós somos á caça.

É verdade Camilo não tem culpa do tamanho da marginalidade que ta
tomando conta, ñ ainda mais com essa União de gangues aí
estamos nas mãos de Deus, por isso que policial não deve ter pena
De bandido, tem que matar mesmo
bandido bom é bandido morto

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More