RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

MÁ GESTÃO GERA CAOS NA SANTA CASA DE SOBRAL E COLOCA A VIDA DE PACIENTES EM RISCO

O único hospital de referência em trauma e AVC da zona norte do Estado está sem tomógrafo e ressonância, equipamentos fundamentais para diagnosticar traumatismos e AVC, impossibilitando, porventura, que pacientes entrem em cirurgia. Sem tais exames, fica impossível a equipe médica realizar os procedimentos cirúrgicos com segurança, o que pode acabar agravando o quadro e até levar a morte em poucas horas dependendo do caso.

A situação é caótica e de alto risco para os pacientes que estão precisando passar por cirurgia de urgência e já lotam os corredores do hospital.

O serviço de urgência e emergência sobrevive agonizando com o dobro de pacientes que sua capacidade oferece, com pacientes em macas e cadeiras em todos os corredores e sala de espera.

Há pacientes internados em macas até na área de espera do atendimento de baixa complexidade. Tal situação se deve a ausência dos exames de tomografia em tempo hábil para avaliação neurológica ou neurocirúrgica, fazendo os pacientes esperarem por tempo indeterminado quando nesses casos, a urgência é imprescindível para o diagnóstico. 

Como não bastasse a gravidade da situação, o hospital não dispõe de ambulância equipada e operante com o mínimo necessário para uma assistência de qualidade, nem de médicos para realizarem tais transportes dos pacientes graves. A atual ambulância não tem nem as sirenes e luminosos funcionando. A falta de médicos se deve ao grande atraso de pagamentos que se instalou naquela instituição, sobretudo os pagamentos aos médicos pelos transportes realizados na ambulância. E o diretor financeiro, Sr. Audisio Aguiar, não dá previsão.

Nessa situação, pacientes graves da fila de espera com quadro de AVC ou Traumatismo Craniano já estão à beira da morte. O que lhes resta é contar com a sorte e a bênção de Deus pra não sofrerem complicações com o atraso do tratamento ou de uma cirurgia de urgência!

O Diretor Financeiro/Administrativo da Santa Casa, que não tem nenhum tipo de experiência com gestão hospitalar, é um empresário dono de uma loja de móveis no centro de Sobral e foi indicado por apadrinhamento da Diocese de Sobral.

Fonte: Wellington Macedo

9 comentários:

a saúde sempre deixada de lado

O Sr audisio não sabe administrar nem a casa dele

Esse diretor devia fazer gestão hospitalar p comadar um hospital

bom as vezes agente fica sem entender pra onde vai o dinheiro que santa casa recebe de recardação e a saude fica amigua o atendimento mas lento possivel;

Vc sabe onde encontrar esse Audizio!tdo dia no hospital do coraçao!$$$$ infelismente nossa santa casa e ate o hospital do coraçao vai ter uma pessima caida!se esse cara ai continuar!

É muito fácil criticar sem entender o que se passa naquele hospital, já se perguntaram o que as 55 cidades que utilizam os serviços prestados na Santa Casa estão fazendo para minimizar a situação financeira do hospital.
Um hospital que é mantido pela diocese, mas pouco recebe das cidades cicuzinhas.
Niguem fala do hospital regional que fechou todos os atendimentos de grávidas superlotando a santa casa, e ai senoeres prefeitos e a prefeitura de sobral será que esta fazendo a sua parte?

Administração fraca demais. Padre tem que ir a igreja rezar. Este Padre Júnior nada sabe de administração.

Administração fraca demais. Padre tem que ir a igreja rezar. Este Padre Júnior nada sabe de administração.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More