RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quarta-feira, 25 de julho de 2018

População do Ceará ultrapassa os 9 milhões de habitantes

O Estado segue a tendência nacional de crescimento lento nos últimos anos. Entre 2017 e 2018 foram registrados 57 mil habitantes a mais no Ceará.
A população cearense cresce de forma cada vez mais lenta nos últimos anos. É o que revela a projeção populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (25). A estimativa do órgão é que em 2018 o Ceará atingiu a marca de 9.076.426 de habitantes, se mantendo como o 8º Estado mais populoso do Brasil. No entanto, a projeção, baseada em probabilidades estatísticas, também aponta que a população cearense atingirá seu limite em 24 anos (2043), estimado em 9.795.742. Após isto, a tendência é de redução do número de habitantes no Estado.

O crescimento de habitantes no Ceará entre 2017 e 2018 foi de 0,63%. Em números absolutos isto significa o incremento de 57.662 habitantes no Estado de um ano para o outro. No período anterior, entre 2016 e 2017, essa variação foi de 0,62%. A população cearense é superada em quantidade pela de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná e Pernambuco. 

Os motivos para a redução populacional estimada para 2043, segundo o IBGE, é a redução da taxa de fecundidade e o saldo migratório negativo, pois, apesar de ser um movimento cada vez mais lento, o Ceará ainda registra saída de habitantes rumo a outros estados. 

O aumento da população entre 2017 e 2018 no Estado é menor que a registrada no Brasil, pois conforme a projeção populacional, o percentual de ampliação demográfica no país, nesse intervalo de tempo, foi de 0,81%. Conforme os dados do IBGE, o Brasil, em 2018, registrou 208.494.900 de habitantes, uma diferença de 1.690.159 pessoas registradas, entre 2017 e 2018.

No limite nacional, Brasil deve atingir o ápice populacional em 2047, quando terá 233.233.670 de habitantes e a partir de então será iniciada a redução populacional. Outros estados do Nordeste também atingirão limite populacional antes do Ceará, são eles Piaui em 2032 e Bahia, em 2035. 


Projeção ajuda na definição de distribuição de recursos

Segundo o IBGE, a “Projeção de População” é um cálculo demográfico das 27 unidades da federação, por idades (de zero a 90 anos ou mais), ano a ano, de 2010 a 2060. O levantamento, explica o IBGE, segue métodos demográficos recomendados pela Divisão de População das Nações Unidas.

A estimativa populacional, além de ser referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos, subsidiar a formulação de políticas públicas é também um dos parâmetros usado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. A divulgação anual dessa projeção cumpre o artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013. (Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More