RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

terça-feira, 25 de setembro de 2018

RECÉM-NASCIDA É INFECTADA POR BACTÉRIA APÓS RECEBER VISITA; SAIBA COMO PROTEGER SEU BEBÊ

Todo o cuidado o cuidado que os pais têm com os bebês recém-nascidos não é um exagero. Após tomar conhecimento do que aconteceu com essa pequena bebêzinha, logo se vê que eles podem contrair bactérias extremamente perigosas e resistentes a medicamentos.

Os bebês se encontram em processo de desenvolvimento, por esse motivo nessa fase estão mais vulneráveis e não possuem a mesma resistência da capacidade imunológica de uma pessoa adulta. Precisam receber todas as vacinas conforme o pediatra orienta e, ainda assim não estão prontos para ter contato com muitas bactérias e vírus.
Entenda o que aconteceu com essa recém-nascida e saberá melhor que é preciso proteger seu bebê mais do que imagina.

Brooke é a bebê recém-nascida, filha de Clare Henderson, uma britânica que aprendeu como cuidar de sua filha, ela foi bem orientada sobre higiene, mas não poderia imaginar que um bebê poderia ser contaminado com herpes.

A filha de Clare teve sérias complicações, tendo que ficar internada na UTI após ser diagnosticada com herpes labial. Ela teve alteração no organismo que quase resultou em morte.

Tudo aconteceu após a família receber um visitante que beijou a pequena Brooke na boca, nesse momento ele transferiu o vírus para ela.

Quando a mãe se preparava para amamentar a filha, ela notou que a boca estava inchada, então como toda mãe, Clare examinou encontrou aftas, além de perceber que a temperatura estava mais alta, ou seja, a criança estava com febre. Clare não esperou amanhecer e levou a bebê imediatamente para o pronto socorro.

Os médico informaram que em bebês com menos de 3 meses o caso é muito grave, mas como a mamar agiu rápido, Brooke tomou os antivirais e agora está bem de saúde.

A mãe fez um post sobre tudo o que aconteceu para alertar os pais. Disse ela;

“Moral da história, não deixe ninguém beijar o seu recém-nascido na boca, mesmo se parecer que ele não tem herpes. Todo mundo com que eu conversei não sabia destes riscos da herpes oral, então eu achei importante compartilhar a história de Brooke para que outras mães não passem pelo que eu passei”. (Maetips)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More