ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

Instale agora mesmo um Sistema de Rastreamento da Sobral RASTREADORES. (88) 999757272 / 992999212

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Governo do Estado vai convocar 1,2 mil militares da Reserva para reforçar policiamento

Servidores passarão por exames de saúde e físicos e, se aprovados, serão reintegrados à Ativa, diante da série de ataques criminosos.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que irá convocar até 1,2 mil policiais e bombeiros militares da Reserva Remuneradapara reforçarem os trabalhos policiais nas ruas, diante da série de ataques criminosos que chega ao 13º dia, no Estado. Eles passarão por exames de saúde e físicos e, se aprovados, serão reintegrados à Ativa.

"É importante esclarecer que são aqueles policiais que foram para a Reserva nos últimos cinco anos, não são de tanto tempo. É uma ação de curto prazo. A gente vai fazer uma avaliação da parte médica e física e destinar quais atividades. Um exemplo é que a gente está tendo a necessidade de ocupar alguns pontos, que não é do dia a dia da Polícia, e a gente pode ocupar com esses policiais", detalhou o secretário André Costa, em entrevista ao Sistema Verdes Mares nesta segunda-feira (14).

A convocação de militares da Reserva é uma das medidas aprovadas em sessão extraordiária da Assembleia Legislativa do Ceará (AL/CE) no último sábado (12) e sancionadas pelo governador Camilo Santana no domingo (13). O reforço deve ser definido até o próximo fim de semana.


Outras leis sancionadas:

- Aumento da quantidade de horas extras (de 48h para 84h mensais) que podem ser pagas a todos os policiais, civis e militares, além dos bombeiros e agentes penitenciários, de forma com que haja aumento da força de trabalho;

- Criação da Lei da Recompensa, que prevê o pagamento em dinheiro, pelo Estado, para informações que sejam prestadas pela população à Polícia e que resultem na prevenção de atos criminosos e prisão de bandidos envolvidos nas ações. O texto da Lei ainda deve ser elaborado;

- Criação do Fundo de Segurança Pública e Defesa Social, para estruturar melhor a SSPDS;

- Criação do Banco de informações sobre veículos desmontados;

- Regras de Restrição ao uso do entorno dos presídios do Estado para prevenir fugas e garantir mais segurança;

- Autorização de Convênios e Parceria com outros Entes (União e Estados) na cessão de policiais ao Estado do Ceará.

(DN)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More