ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

sábado, 22 de junho de 2019

Polícia Civil prende suspeito de comercializar ilegalmente explosivos e apreende arsenal em Graça

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Sobral, apreendeu, na manhã de hoje (18), um arsenal com munição, explosivos, pólvora e chumbo, que estavam dentro de quatro depósitos de fogos de artifícios, além de prender, em flagrante, um homem suspeito de comercializar esses materiais. A ação ocorreu na cidade de Graça, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14), e é continuidade da operação policial iniciada, na última quinta-feira (13), quando a PCCE deu cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos que integram uma organização criminosa atuante em Sobral.
Conforme as investigações realizadas pela Regional de Sobral, o dono dos estabelecimentos, identificado como Júlio Ferreira Alves (65), sem antecedentes criminais, é suspeito de praticar o comércio ilegal de materiais explosivos, inclusive fazendo a venda desse material para grupos criminosos. No total, a Polícia Civil apreendeu 13 espingardas, cerca de 600 quilos de chumbo, 3.500 bisnagas de pólvora, 529 munições de diversos calibres, além da quantia de R$ 9,1 mil e outros materiais que os agentes estão investigando a procedência. Ainda durante as diligências, foi constatada a forma irregular de armazenamento dos explosivos, já que a maioria estava acondicionada em caixas de fogos de artifício.

Conforme levantamentos policiais, o homem não tinha autorização do Exército Brasileiro para comercializar os materiais apreendidos – que são de venda controlada –, além de também não ter autorização do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) para vender e armazenar fogos de artifício. Diante dos fatos, Júlio foi conduzido para a Delegacia Regional de Sobral, onde foi autuado em flagrante por comércio ilegal de arma de fogo e crime ambiental. Após a lavratura do procedimento policial, o homem foi encaminhado para o uma unidade do sistema penitenciário.

Operação

A operação teve início, na quinta-feira (13), no município de Sobral, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14), e contou com a atuação de 200 policiais civis. A ação teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa. Foram cumpridos 30 mandados de prisões, sendo 20 contra suspeitos que estavam em liberdade – sendo 13 homens e sete mulheres – e dez contra homens que já se encontravam recolhidos no sistema penitenciário do Estado. Foram apreendidas drogas e munições. As ações se concentraram em diversos bairros de Sobral, entre eles Sumaré, Padre Palhano, Dom Expedito e o conjunto habitacional Caiçara, e visou à captura de pessoas envolvidas nos crimes de roubos, tráfico de drogas e homicídio.

(Polícia Civil CE)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More