quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Aprenda a escrever um currículo simples e eficiente


Entendendo o Conceito do Currículo:

O Currículo deve ser entendido como se fosse um resumo da sua trajetória profissional, indicando o quanto você se esforçou para chegar até o ponto em que está hoje, qual caminho você trilhou e aonde você quer chegar.

Para se produzir um bom currículo, três ideias básicas devem ser levadas em conta: verdade, simplicidade e eficiência. Essas ideias são simples, mas certamente darão maior credibilidade e confiabilidade ao seu currículo, permitindo ao recrutador encontrar o funcionário ideal e não ter surpresas no momento da entrevista.


Verdade

Ao escrever o seu currículo, a meta deve ser buscar um ponto de equilíbrio. Você não deve acrescentar habilidades (dizer que o seu inglês é fluente sendo que ele é básico, por exemplo) e qualificações que você não tem, já que estas artimanhas são facilmente descobertas. Por outro lado, deixar de falar das suas qualidades e talentos que o diferenciam das outras pessoas pode fazer você perder boas oportunidades.


Simplicidade

Outra atribuição importante do seu currículo é ser simples. Os examinadores têm uma enorme carga diária de avaliação de currículos (dezenas e talvez centenas) e não podem (e não vão) perder tempo examinando um documento complexo ou confuso.


Eficiência

O terceiro e último atributo do bom currículo é a eficiência. Ele deve apresentar de forma direta tudo o que o analisador precisar saber sobre você e que tenha relação com a vaga em questão.


Modelo Simples de Currículo

Para escrever um currículo simples e completo, uma sugestão interessante é dividi-lo em algumas sessões fundamentais:

Cabeçalho: Nessa seção do currículo coloque somente as informações fundamentais: nome completo, endereço atual, telefones para contato e o seu e-mail atual.

Objetivos: Escreva aqui seus objetivos na empresa (ex.: atuação na área de TI).

Qualificações e Características: Escreva aqui um pouco sobre você, seus talentos e principais características pessoais e profissionais.

Formação Acadêmica: Escreva aqui sobre faculdades, cursos de aperfeiçoamento e pós-graduação cursados por você.

Conhecimentos Técnicos e Especialidades: Escreva aqui as tecnologias, técnicas ou áreas do conhecimento que você domina e com as quais já trabalhou.

Experiência Profissional: Escreva aqui sobre as suas últimas experiências profissionais, não esquecendo de citar: empresa, cargo e período.

Línguas: Fale aqui sobre os idiomas que você domina, lembrando de mencionar o seu nível de proficiência para cada um dos idiomas. Ex.: básico, intermediário e fluente.

Outras Informações: Escreva aqui outras informações interessantes a seu respeito, tais como intercâmbios culturais que você possa ter feito.


Abaixo algumas das principais questões levadas em conta por quem lê o seu currículo:

Estão claras as áreas de interesse principais do candidato?

- O currículo apresenta erros de português, gramática ou concordância?

- O currículo dá alguma dica clara sobre a personalidade do entrevistado?

- Qual o intervalo entre os empregos do candidato?

- Qual a permanência média do candidato em cada emprego?

- Segundo o currículo, a carreira do candidato está em ascensão, estagnada ou decadente?

- O candidato tem se esforçado para obter uma melhor qualificação? Ele se mantém atualizado?

- De acordo com o currículo, a carreira do candidato tem sido coerente, ou tem havido constantes mudanças e guinadas?

Fonte: Guia da Carreira

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More