terça-feira, 14 de janeiro de 2020

PREFEITURA DE SOBRAL INJETA MAIS DINHEIRO PÚBLICO NA VILA OLÍMPICA

Começada no ano de 2005 quando a Igreja Católica era comandado pelo Papa João Paulo II, a VILA OLÍMPICA de Sobral não está pronta. Já estando no terceiro Papado (João Paulo II, Bento XVI e Francisco) e com um gasto de quase R$ 10 MILHÕES vindos dos governos Estadual, Federal e Municipal, teve como fabulosa e escandalosa despesa o PISO da pista de atletismo que fora comprado no Canadá, SEM LICITAÇÃO e custando R$ 1.1 MILHÃO.

O ex-prefeito Clodoveu Arruda, VEVEU, disse ser uma obra OUSADA e era uma alternativa caso o Rio de Janeiro não comportasse os Jogos Olímpicos de 2016.

O Juíz, Jorge di Ciero Miranda questionou na época a construção classificando-a como uma obra sem justificativa, sem transparência, sem cronograma e sem respeito com a população sobralense.

A prefeitura injetou mais de R$ 600 mil na construção das piscinas. As obras tiveram início no dia 02/05/2019 e com prazo de entrega de 120 dias, ou seja, terminou no mês de outubro de 2019.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More