ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 17 de março de 2020

Moradores passam noite em centro comunitário de Massapê após água invadir casas

Na tarde de ontem (16), a situação se agravou e mais casas foram atingidas pelas chuvas na região Norte.
Crianças, adultos e idosos precisaram passar a noite entre esta segunda-feira e hoje (17) no Centro Comunitário São João Batista, na cidade de Massapê, Norte do Estado, após terem as casas invadidas pela água que banhou a região. Na última semana, cerca de 16 famílias chegaram a deixar suas residências após o nível do Rio Contendas subir. No entanto, a situação voltou a se agravar na tarde desta segunda-feira (16).

Após as precipitações registradas nas últimas 48 horas, mais casas foram atingidas pelas chuvas. Diante do problema, os moradores foram novamente alocados no Centro Comunitário.

“Tivemos que vir para o colégio porque não tinha como dormir em casa. Meu pai ainda ficou lá com medo de levarem as nossas coisas”, lembra a dona de casa Maria de Lima Nascimento. Ela, a mãe e os dois filhos foi um das famílias passou a noite no espaço. “Passei por isso em 2009. A gente tinha feito um calçadão, mas, mesmo assim não impediu a água”.

Também obrigada, pelas circunstâncias, a passar a noite no Centro, a aposentada Maria da Glória Rodrigues conta o medo de voltar para casa.
“Eu não quero mais voltar para lá, não. É a segunda vez que isso acontece. Viemos na sexta-feira (14) e ontem voltamos. Eu tenho medo de estar em casa e cair tudo”, lamenta a moradora. “Lá, o serviço de construção das casas é muito mal feito. À noite, até para dormir a gente tem medo”. 

Hoje (17), cerca de 22 pessoas tomaram café da manhã no centro comunitário. Já outros voltaram às residências para realizar a limpeza dos locais. 

Problema 

Os moradores de Massapê estão ameaçados, desde a semana passada, com a cheia do Rio Contendas. Segundo a Defesa Civil do Município, pelo menos 100 famílias vivem próximas ao leito do manancial. Para diminuir os impactos, a Assistência Social de Massapê garantiu que as famílias devem receber aluguéis sociais e cestas básicas.

Segundo a coordenadora municipal da Defesa Civil de Massapê, Juliana Ricardo, dessa vez, os locais mais afetados foram Alto da Boa Vista, Nanivão e, novamente, o Bandeira Branca. Bairros que, conforme Juliana, estão em área de risco. “Ontem tivemos outro problema com as chuvas. Já hoje, os níveis de água baixaram, mas a gente não sabe como vai ser ao longo do dia”, comenta.

“Em outros bairros, que já haviam sido impactos, a chuva também estava mais forte. Por isso, estamos monitorando a situação”, explica Juliana.


Chuvas

Até o último balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a cidade registrou, entre às 7 horas de ontem e 7 horas de hoje (17), 32,4 milímetros de chuva. Para a amanhã (18), a previsão é que as chuvas se mantenham na Região Norte. Além disso, o Cariri, Sertão Central e Inhamuns, na Ibiapaba, também devem ter eventos. A tendência deve continuar na quinta-feira (19).

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More