quarta-feira, 29 de abril de 2020

POLÍCIA CIVIL DE SOBRAL EM AÇÃO!

Depois de mais de um mês de investigação, policiais civis das Delegacias Regional e Municipal de Sobral, efetuaram ontem (28/04/2020) a prisão em flagrante de ADRIANA DOS SANTOS VIANA e ANTONIO AZEVEDO PARENTE, acusados de terem praticado tráfico de drogas ao comercializarem medicamentos de venda proibida e utilizados para a prática de aborto. 

As investigações iniciaram há mais de um mês após a troca de informações de inteligência com policiais de outros de estados, para onde os medicamentos abortivos, cuja venda é proibida no Brasil, estavam sendo remetidos pelos acusados. A partir de então, iniciaram-se os trabalhos com o intuito de se descobrir de onde as substâncias eram despachadas e por quem. 

No dia de hoje, os policiais civis receberam uma informação de que mais uma remessa de medicamentos abortivos seria despachada de Sobral para vários estados. Diante da informação, os policiais realizaram diligências até que identificaram e prenderam ADRIANA DOS SANTOS VIANA já na agência dos Correios de Sobral, pronta para enviar 9 ampolas de ocitocina, que é de uso veterinário e usada para a prática de abortos de crianças. 

As diligências prosseguiram até que foi identificado e localizado o comparsa de ADRIANA, ANTONIO AZEVEDO PARENTE, conhecido por TOINHO, com quem foi apreendido aproximadamente 130 comprimidos de Cytotec, o qual é proibido no Brasil por causa de suas propriedades abortivas. 

Segundo o que foi apurado até então, ADRIANA e TOINHO distribuíam as substâncias proibidas para todo o Brasil e usavam nomes e números de documentos falsos quando despachavam as encomendas pelos Correios. 

Os acusados foram então encaminhados ao Plantão da Delegacia Regional onde foram autuados em Flagrante e depois encaminhados para o Sistema Penitenciário, onde permanecerão presos até ulterior determinação judicial. 

Com a prisão dos dois e a apreensão das substâncias, a Polícia Civil de Sobral, através da Delegacia Regional e Delegacia Municipal, continuará com as investigações com o objetivo de identificar e localizar outros envolvidos nessa organização criminosa interestadual que vende a morte de crianças indefesas que ainda estão em formação no útero de suas mães.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More