terça-feira, 19 de maio de 2020

Ação da Polícia Civil e Receita Federal resulta na maior apreensão de NBOMe do Ceará

Uma ação integrada da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) – por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) – com a Receita Federal do Brasil resultou na apreensão de mil pontos de 25I-NBOMe, droga sintética, além das prisões de dois homens. A ofensiva policial foi realizada na última sexta-feira (15), em Fortaleza e Caucaia. A apreensão é a maior referente a esse tipo de droga registrada este ano pela Polícia Civil no Ceará.

A ofensiva policial capturou primeiramente o estudante universitário de psicologia, Felipe Maia Marques (23), sem antecedentes criminais. Ele seria a responsável por receber o material ilícito que seria entregue por encomenda. A captura ocorreu em um apartamento na Rua Vilar, no bairro Dionísio Torres. Após a prisão, Felipe confirmou que sabia que a entrega se tratava de drogas e que receberia uma quantia em dinheiro por fornecer seu nome e endereço como destinatário. Após a prisão, os policiais civis realizaram uma busca no apartamento dele, onde localizaram uma quantidade de maconha em um pote, além de duas balanças e dos rolos de plástico – utilizado para embalagem da droga.

Após a prisão de Felipe, os policiais civis seguiram até a praia do Icaraí, em Caucaia, onde foi capturado Wladimir Rocha Evangelista do Nascimento (24), que possui antecedentes criminais por roubo. Os policiais o capturaram em seu local de trabalho. Além das drogas apreendidas, os policiais civis apreenderam os celulares dos dois suspeitos. A dupla foi encaminhada para a sede da DCTD, onde foi autuada em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas. A PCCE segue investigando os fatos a fim de identificar outros partícipes da ação criminosa.

25I-NBOMe

25I-NBOMe, conhecido também como “N-bomb”, faz parte de um grupo de drogas alucinógenas derivado das feniletilamina e tem venda proibida no Brasil. A droga sintética é vendida como uma alternativa ao LSD. Os efeitos de sua ingestão incluem euforia, náusea, convulsão, medo e pânico.

Denúncias

A população pode colaborar com os trabalhos investigativos repassando informações que tenha conhecimento sobre o tráfico de drogas e de suspeitos com envolvimento na atividade ilícita. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3472-1550, da DCTD, ou ainda para o número (85) 98895-5749, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

(Polícia Civil do Ceará)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More