sexta-feira, 14 de agosto de 2020

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITOS DE ASSASSINAR MOTORISTA DE APLICATIVO

A Polícia Civil do Ceará informou no nesta manhã de sexta-feira (14) ter efetuado a prisão de cinco homens suspeitos de envolvimento no crime de latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o motorista de aplicativo Alexandre Hadlich Fernandes, 33, paranaense, que morava em Fortaleza no bairro Sítio São João, no Jangurussu.

A informação da prisão dos suspeitos foi confirmada pelo secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, por meio das redes sociais. Na tarde de ontem (13), ele recebeu em seu gabinete uma comissão de representantes da categoria após a classe ter feito uma carreata nas principais avenidas de Fortaleza para protestar diante da violência. Ao menos, 11 motoristas de carros por aplicativos foram mortas neste ano na Grande Fortaleza.

Apreensões

Várias equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) mobilizadas para trabalhar no caso, identificaram e capturaram os suspeitos na madrugada desta sexta-feira (14). Dois carros, um bloqueador de sinal GPS e uma arma de fogo foram apreendidos na operação policial.

O corpo de Alexandre foi encontrado dois dias depois do desaparecimento (sumiço aconteceu na segunda-feira, dia 10). Na noite da última quarta-feira (12), o cadáver foi localizado em um matagal existente na altura do quilômetro 30 da rodovia federal BR-116, Localidade de Riachão, em Aquiraz, município da Região Metropolitana de Fortaleza. Ele estava com as mãos amarradas.

(Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More