quarta-feira, 26 de agosto de 2020

SECRETÁRIO DE SAÚDE DO DF É PRESO POR SUPERFATURAR TESTES DE COVID

O Ministério Público do Distrito Federal deflagrou a operação “Falso Negativo” para desmantelar uma suposta organização criminosa instalada dentro da Secretaria de Saúde do DF para fraudar a escolha de fornecedores e superfaturar a compra dos testes, feita com dispensa de licitação, informa a Revista do DF. O secretário de saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso preventivamente. Os investigadores afirmam que o prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 18 milhões. As autoridades apontam suspeita de superfaturamento nas compras e de baixa qualidade dos testes, que podem dar falso resultado negativo. Citam ainda baixa qualidade dos exames, que podem dar falso resultado negativo.

Via Revista Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More