quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Polícia Federal faz operação contra pornografia infantil

Morador do interior de SP é investigado por filmar e disponibilizar na deep web estupro de crianças; A filha dele pode estar entre as vítimas.

Nesta quarta-feira (9), a Polícia Federal de São Paulo deflagrou uma operação contra pornografia infantil e estupro de vulneráveis. A operação, chamada Desvelado, aconteceu em cooperação com a Interpol, em Lyon, França. As informações são do portal G1.

O alvo dos investigadores é um brasileiro que seria responsável por um dos maiores fóruns de pornografia infantil, em língua portuguesa, na deep web.

A PF informou que o homem, de cerca de 50 anos de idade, morador de Araçatuba, São Paulo, publicava um grande volume de fotos e vídeos de estupros contra várias vítimas. Ele disponibilizava o conteúdo em uma plataforma acessada por usuários de outros países. Na residência do suspeito foram apreendidos muitos materiais de pornografia infantil.

As vítimas eram meninas, que tinham entre 5 e 12 anos. A filha do homem integra a lista de possíveis vítimas.

A polícia investiga também a comercialização do acervo produzido pelo suspeito. Os agentes ainda não comprovaram a participação de outras pessoas nos crimes e ouvirão depoimentos do estuprador, vítimas e familiares a fim de descobrir se terceiros estão envolvidos no caso.

A publicação de imagens de pornografia infantil é crime e prevê pena de 3 a 6 anos. Pessoas condenadas pelo crime de estupro de vulneráveis podem cumprir de 8 a 15 anos de prisão.

Via Pleno News

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More