sábado, 31 de outubro de 2020

Dono da empresa que ganhou a licitação do saneamento de Aracatiaçu em Sobral, está envolvido em escândalos de propina

George Ramalho, dono da Coenco Saneamento LTDA, foi preso pela Polícia Federal em março de 2019 na Paraíba.
Após ser preso pela Polícia Federal na Paraíba, por meio da "Operação Feudo", em Março de 2019, o empresário George Ramalho Barbosa, abriu a empresa COENCO SANEAMENTO LTDA, CNPJ nº 34.356.435/0001-95, aberta segundo a Receita Federal no dia 25/07/2019. Esta empresa ganhou a Licitação nº LI002/20 originária da Secretaria de Meio Ambiente do Município de Sobral, para Execução de Obra do Sistema de Esgotamento Sanitário das Zonas Residenciais 2, 3 e 4 do Distrito de Aracatiaçu. A Licitação foi homologada pela Secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Sobral no dia 22 de Setembro de 2020 (acima).
O empresário George Ramalho Barbosa dono da COENCO SANEAMENTO LTDA, empresa incumbida da obra de saneamento em Aracatiaçu – Sobral, também está envolvido na Operação Pés de Barro, da Polícia Federal da Paraíba, juntamente com o Deputado Federal Wilson Santiago, em Dezembro de 2019, conforme link do G1 (CLIQUE AQUI). Mesmo diante de fortes indícios de desvio de conduta do Sócio Administrador da COENCO SANEAMENTO LTDA, a Prefeitura de Sobral homologou a licitação para início das obras de saneamento em Aracatiaçu, que estima-se ser gasto o montante de R$ 14.153.321,66 (quatorze milhões cento e cinquenta e três mil trezentos e vinte e um reais e sessenta e seis centavos).


O empresário dono da COENCO SANEAMENTO LTDA, que irá realizar o saneamento básico em Aracatiaçu – Sobral, teve contrato por meio de outra empresa de sua propriedade com os municípios de Uirauna – PB, de 24,8 milhões, com acerto de propina prévio, denunciado pelo Site "O ANTAGONISTA" (acima). Em Sobral, a empresa COENCO aguarda empenho dos recursos para iniciar obra, já anunciada pelo Prefeito Ivo Gomes.
Fonte: O Antagonista / G1 / Portal da Transperência de Sobral

1 comentários:

O que estaria por trás dessa postagem ?
Sim, fui alvo de uma operação da Polícia Federal em 2019, os fatos são relacionados a extorsão praticadas por prefeito que exigia pagamento de propina para liberação de parcelas de medições realizadas. Nunca fui denunciado e me tornei Colaborador da Justiça, condição que muito me orgulha. Com a efetividade da colaboração premiada, recebi o benefício do perdão judicial, tudo acompanhado de perto pela própria Polícia federal. Rezo todos os dias por um país melhor e dei minha singela colaboração pra isso. George Ramalho Barbosa

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More