sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Narcotraficante é preso em Fortaleza onde morava em apartamento de luxo no Cocó

A prisão do traficante amazonense Thiago Monteiro da Silva, o “Thiago Mineiro”, 36 anos, em Fortaleza, nesta quinta-feira (1º) reforça para as autoridades da Segurança Pública a constatação de que Fortaleza vem se tornando um dos principais entrepostos da ação de narcotraficantes brasileiros e estrangeiros para escoar cocaína para a Europa. O bandido preso é considerado um dos maiores distribuidores de drogas da Região Norte do Brasil, responsável pelo tráfico de coca entre Peru, Bolívia e o território brasileiro.

“Thiago Mineiro” foi capturado em Fortaleza durante uma operação realizada por policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core). Ele foi encontrado em seu mais recente endereço em Fortaleza, um apartamento de luxo no bairro Cocó, na zona nobre da Capital cearense. De acordo com a Polícia, ele já estava prestes e mudar para outro imóvel.

De acordo com as autoridades, o narcotraficante usava documentos falsificados e ainda tentou ludibriar os policiais. Todavia, a Polícia do Ceará já estava investigando os passos dele antes de efetuar sua prisão. O criminoso havia sido preso, no dia 3 de junho último, em Manaus, juntamente com a sua companheira, Stheffany Barbosa Vasconcelos, numa operação realizada pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas (PCAM) por força de mandado de prisão temporária, no dia 3 de junho último.

Como a prisão era temporária, ele foi colocado em liberdade e fugiu para o Ceará.

Narcotráfico

De acordo com a Secretaria da Segirança Pública do Amazonas (SSP/AM), o casal é responsável por administrar as finanças e traficar drogas para uma organização criminosa. O delegado Rafael Allemand afirmou à época que Thiago era o maior distribuidor de drogas e um dos líderes da facção.

Allemand reforçou ainda o estilo discreto do traficante: “O infrator não costumava sair em público e tinha uma vida aparentemente normal. No entanto, diligências indicam que ele possuía uma visão de negócios muito acima da média, o que lhe permitia obter a posição hierárquica dentro da facção a qual pertencia”.

(Blog do Jornalista Fernando Ribeiro)

1 comentários:

Ê Ceararréi..... As facções adoram

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More