sexta-feira, 2 de outubro de 2020

REVOLTANTE! PROFESSOR SUSPEITO DE ESTUPRAR ALUNO NO BAIRRO SUMARÉ AINDA NÃO FOI PRESO

Um garoto de nove anos foi seguidamente estuprado dentro de uma sala de aula no bairro Sumaré. O agressor usava da força física e de ameaças para submeter a criança aos seus desejos sexuais.

Segundo relato de Isabel Teles, avó que detém a guarda do neto, o garoto contou que o estuprador usava um revólver e um brasão do Conselho Tutelar. A carteira era usada para ameaçar tirar o menino da guarda da avó.
Isabel Teles, avó da vítima

O caso ocorreu em junho de 2019, na Escola José Parente Prado, no Sumaré. A avó tomou conhecimento do caso quando a criança começou a defecar nas calças. Ao investigar, a criança contou o caso. Além do trauma psicológico, a criança perdeu o controle do esfíncter, e com frequência suja a roupa com os excrementos e sangue. “Ele passou a comer menos, pois sabe que não controla os intestinos”, disse a avó.

O professor suspeito de ter estuprado a criança ainda não foi preso.
Dona Isabel Teles pede ajuda de um algum advogado que possa ajudá-la no acompanhamento do processo relacionado ao seu neto. A avó pede ajuda de forma solidária, pois a mesma não dispõe de recursos financeiros para custear os honorários advocatícios.

3 comentários:

Agora me digam uma coisa se fosse verdade depois do exame no iml ele ñ ia direto pro presídio? Se estar solto ou e pq ele é inocente ou pq a justiça ñ funciona no Brasil

Amigo(a) estamos no brasil ninguem faz nada a nao filho do prefeito ou do presidente ai concerteza o bicho pega mais como somos pobre temos q gasta o que nao temos pra ganhar

Realmente anônimo 2 de outubro, 20:19h. E digo mais, como uma escola poderia acontecer isso em sala de aula, um lugar movimentado por vários alunos..sei não, e outra coisa, um revolver, uma carteira do conselho tutelar? fantasia da criança ou realidade? Seria interessante observar o dia a dia dessa criança fora da escola, com quem ele estava andando e quanto tempo passava sozinha.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More