SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

domingo, 13 de dezembro de 2020

Ditadura no Ceará? Governador proíbe festas e limita reuniões familiares

O governador petista do Ceará, Camilo Santana, informou na última sexta-feira, 11/12, que um novo decreto de restrições entraria em vigor no estado para o período de natal e ano novo.

“Ficou definido que será publicado ainda nesta sexta-feira (11) um novo decreto específico para o período de 15/12 a 04/01, em virtude das datas do Natal e Ano Novo”, disse Camilo.

O decreto ‘especial de final de ano’ amplia o horário de funcionamento do comércio, ao mesmo tempo em que proíbe festas e restringe o número de pessoas em comemorações familiares.

A decisão tomada em reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus do Ceará, limita a capacidade máxima em comemorações residenciais ao número de 15 pessoas e suspende “eventos sociais e corporativos, privados ou públicos, em ambientes abertos ou fechados no Estado.”

Segundo o governador, as normas têm como objetivo frear as transmissões do vírus chinês até que se tenha uma vacina.

“As medidas foram planejadas de forma a respeitar as normas sanitárias, buscando preservar ao máximo a economia e os empregos”, disse o petista.

A decisão se baseia na avaliação de todos os indicadores e relatórios sobre a Covid-19 no estado, informou a assessoria de imprensa.

Fonte: Terça Livre / com informações: Governo do Estado Do Ceará

7 comentários:

Vai tomar conta da tua casa.

agora quer manda dentro da minha família !!! sai fora ptralhada do brasil !!!

Irônico pois a 20 dias atrás...em plena política. Não havia proibições em cidades do interior e bem na capital. Até os casos milagrosamente desapareceram. Tudo funcionava e aglomerações eram permitidas. Mas como já garantiram seu ganho pão. A população que sofra com políticas mal elaboradas e uma suposta e milagrosa vacina.

Isso é bem feito pra esse povo mal educado que não respeita nada e não usa máscara fica se agromerando!

Sou de acordo que libere tudo!
Porém restrinja os atendimentos em unidades de saúde, daqueles que se infeccionarem por descaso.
Simples resolveria tudo.

O Governar tem que botar é pra f mesmo, já que as pessoas não têm consciência. Medidas mais duras devem ser tomadas. É dever do Estado proteger seus cidadãos conscientes e responsáveis...

Ao anônimo das 20:08, perdestes a oportunidade de ficar calado. É melhor jogar pedra ao acaso do que proferir palavras inúteis.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More