SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

sábado, 10 de abril de 2021

APÓS BARRAR REABERTURA DE IGREJAS, GILMAR É COBRADO SOBRE AGLOMERAÇÃO EM ÔNIBUS

O STF decidiu que estados e municípios, podem sim, proibir cultos e missas presenciais na pandemia. O ministro Gilmar Mendes, puxou o coro e foi o ministro que mais fez duras críticas aos religiosos, pastores, padres, advogados evangélicos e juristas que pediam a reabertura de parte de alguns Templos religiosos. “Tomam o nome de Deus para sustentar o direito à morte,” ironizou Gilmar ao votar contra cultos e missas na pandemia alegando aglomerações por parte dos fiéis. Após STF encerrar o assunto, o ministro foi questionado sobre os inúmeros casos de superlotação em terminais e ônibus de todas as capitais do País. “Onde está Gilmar para se posicionar contra as aglomerações nos ônibus”, questionou um internauta. Gilmar é amigo íntimo de empresários donos de empresas de ônibus e transportes públicos, inclusive foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata, o Rei do Ônibus, detentor de uma das maiores frotas do País em diversos Estados.

Fonte: Revista Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More