SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

domingo, 8 de agosto de 2021

Paulo Coelho sugere maconha para "acalmar" Bolsonaro

O escritor Paulo Coelho usou suas redes sociais, neste domingo (8), para “recomendar” ao presidente Jair Bolsonaro e seus aliados no governo federal que consumam maconha para ficarem “mais calmos”.

– Eu não uso desde 1982, mas acho que acalma. O Planalto e seu rei nu se beneficiariam muito. À venda em qualquer supermercado suíço – escreveu Coelho, com foto de embalagens da erva.

O escritor mora atualmente na Suíça, país em que o consumo da droga é legalizado.

Esta é apenas mais uma das provocações que Paulo Coelho dirige a Bolsonaro e ao governo. No mês passado, ele se aliou ao youtuber Felipe Neto para denunciar ao Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas os supostos ataques do governo federal à liberdade de expressão no Brasil.

Poucos dias depois, o escritor anunciou que iria financiar o tradicional Festival de Jazz do Capão, que havia perdido o patrocínio do governo por afirmar que o evento seria “antifascista”.

5 comentários:

E mesmo temos que acalmar bossonaro se nao ele ganha as Eleicoes antes da data

Eis aí um usuário de drogas, pra indicar tem experiência na droga

É melhor não dá idéia. Ruim sem ela, pior com ela. Cruz credo.

1º comentário: Retardadooooooo, vai se tratar dementeeee alienado que defende o jumento crapula

Anônimo das 11:44 tá irritadinha, uiui, Paulo Coelho é satanista declarado, prefiro ficar do outro lado

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More