sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

“Operação Lúmen” prende em Sobral nove pessoas envolvidas em furtos de fios

A “Operação Lúmen” deflagrada pela Polícia Civil (PC) de Sobral, prendeu na manhã dessa quinta-feira (3), nove pessoas suspeitas de envolvimento em furtos de fios da iluminação pública de Sobral. A operação que aconteceu em vários bairros de Sobral, contou com o apoio da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e órgãos de fiscalização como a Autarquia Municipal de Meio Ambiente. Foram apreendidos aproximadamente 145 quilos de fios de cobre, além de 6 toneladas e meia de material estocados irregularmente em sucatas que estavam pondo em risco a saúde da população, segundo o entendimento dos órgãos de fiscalização.

De acordo com a titular da Secretaria da Segurança Cidadã de Sobral (Sesec), Emanuela Leite, em 2021 foram furtados mais de 5 mil metros de cabos de fios elétricos, algo em torno de meio milhão de Reais de prejuízo para o município. “A Prefeitura leva duas semanas para repor os fios. Vimos que os furtos não eram um caso isolado, passaram a ser rotineiros e estava repercutindo nos serviços essenciais para as pessoas” disse a secretária da Sesec.

O Dr. Rômulo Sousa, delegado do Núcleo de Repressão aos Crimes Patrimoniais da Delegacia Municipal de Sobral, disse que a investigação durou quatro meses e apurou vários crimes, além do furto de fios. “A investigação chegou a uma diversidade de infrações a serem apuradas, não somente o furto de fios, mas crimes ambientais, associação criminosa, receptação, crimes contra a ordem econômica e adulteração de sinais identificadores de veículos” afirma Rômulo Sousa.

Segundo o delegado Paulo Castro, titular da Delegacia Regional de Sobral, as informações de furto de fios estavam chegando à Polícia Civil através de Boletins de Ocorrência. “Percebemos que era uma realidade que estava ocorrendo em todo o Estado e vimos que em Sobral estava crescendo os furtos de fios e hidrômetros que vinham prejudicando a população. Pela quantidade de BOs, a gente percebeu que era coisa estava bastante rotineira e por isso decidi determinar o Dr. Rômulo Sousa que ele presidisse a investigação especificamente desse caso de repercussão muito grande e que deveríamos tomar providência o quanto antes” disse o delegado Paulo Castro.

De acordo com a Polícia Civil foram vistoriadas cerca de sete sucatas e realizada a prisão em flagrante de cinco homens pelo crime de receptação, furtos e organização criminosa. Foram ainda cumpridos quatro mandos de prisão preventiva pelos mesmos crimes contra proprietários de sucatas e pessoas ligadas aos furtos, chegando ao total de nove pessoas. O delegado Paulo Castro disse que as investigações continuarão na região a fim de localizar outros receptadores de fios em Sobral.

As informações sobre a operação foram repassadas em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (4), no Centro de Convenções de Sobral no salão Saturno. A operação envolveu além das forças de segurança do municípios e AMA, a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos e a Secretaria da Saúde por meio da Vigilância Sanitária.

Por Edwalcyr Santos / Sistema Paraíso

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More