quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

LAMENTÁVEL! Sobral perde para Itapipoca na geração de empregos

Mesmo com o anúncio da chegada de empresas, Sobral registra desempenho pífio na geração de emprego, figurando em 19ª colocação no Ceará, perdendo para Itapipoca e Jijoca de Jericoacoara, na Zona Norte.
Mesmo com a chegada do supermercado Mix Atacarejo, Sobral teve desempenho ruim na geração de emprego.

Mais uma vez, Sobral vai na contramão do desenvolvimento. Enquanto o Brasil registra saldo de 2,7 milhões de empregos com carteira assinada em 2021, e o Ceará figura na terceira colocação no Nordeste, Sobral está na rabeira da lista de 20 cidades com maior geração de emprego no Estado, com saldo de 604 vagas.

Das cidades da Zona Norte, destaca-se Itapipoca em 6º lugar, com saldo de 1.911, superior ao triplo de vagas de Sobral. Jijoca de Jericoacoara registrou saldo de 764 empregos. Na última colocação das 20, está a cidade de Cruz, com 528. Note que a população de Sobral tem, pelo menos, 100 mil habitantes a mais que Itapipoca. Na comparação com Juazeiro, Sobral perde de goleada. A cidade de Padre Cícero empregou 5.793 pessoas, enquanto a terra de José, apenas 604.

Os números são inquietantes, não apenas pelo resultado pífio em si, mas pela expectativa gerada pela Prefeitura de Sobral. O boletim municipal alardeava: “Consolidada como polo de desenvolvimento econômico da região Norte do Ceará, Sobral continua atraindo grandes investimentos nas áreas do comércio e indústria. As empresas em instalação do município deverão gerar, já a partir de 2021, centenas de empregos com carteira assinada”.
Mesmo com a chegada do Mix Atacadão e da Casas Bahia, além do programa Mais Emprego, o desempenho de Sobral foi sofrível.

O saldo do Ceará em 2021 foi de 81.460 mil vagas de emprego formal, resultando do confronto de 492.569 mil admissões e 411.109 desligamentos. É o terceiro melhor desempenho entre os estados do Nordeste. Das das 10 cidades que mais abriram vagas com carteira de trabalho no Estado, metade se localiza na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Fortaleza, com 37.037 empregos, foi a campeã na geração de emprego. Juazeiro do Norte veio logo em seguida.

Por Luciano Clever / Sistema Paraíso

2 comentários:

E pq nosso prefeito estar mais preocupado com o fique em casa da covid19.

Alguém já se perguntou porque não se consegue nunca ocupar as vagas de emprego no vaptvupt? Não é falta de qualificação, o problema é o QI, QUEM INDICA, infelizmente tem que ser apadrinhado

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More