terça-feira, 28 de junho de 2022

Crime bárbaro: Capitão de fragata da Marinha gay mata pais de seu namorado

De acordo com as investigações, Felipe e Cristiano ainda moravam juntos no mesmo apartamento, apesar de já estarem em processo de separação.

O motivo para o fim do relacionamento seria uma briga, ocorrida há dois meses, na qual Cristiano teria agredido Felipe.

Na noite da última sexta-feira (24), Cristiano teve uma crise de ciúmes porque Felipe saiu sozinho para uma festa em Ipanema, na Zona Sul. Para se vingar, ele teria matado os pais do ex-namorado, que estavam no apartamento dos dois.

Cristiano chegou a ligar para Felipe pedindo para que ele voltasse para casa, dizendo que a mãe dele estaria passando mal. Quando o professor chegou em casa, os pais estavam mortos, deitados no sofá-cama na sala do apartamento.

O suspeito foi encontrado dopado, no apartamento do casal. Cristiano foi preso em flagrante e levado sob custódia para o hospital.

A Delegacia de Homicídios segue na investigação do caso.

Cristiano Lacerda, de 49 anos, é capitão de fragata e ex-namorado de Felipe Coelho, filho do casal Geraldo Coelho, 73 anos, e Osélia Coelho, 72 anos. O enterro será nesta terça-feira (28) no Cemitério Jardim Metropolitano, em Fortaleza, no Ceará, na cidade natal dos dois.

(Terra Brasil Noticias)

2 comentários:

Tudo culpa do maldito PÊTÊ, se não fosse o kit gay...

Salário do PECADO é a morte!! Infelizmente os pais pagaram por um ato desmedido! Não se justifica um crime bárbaro desse!!!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More