sábado, 4 de junho de 2022

Preço da gasolina recua R$ 0,34 em quatro semanas; veja valores

O preço médio do litro de gasolina no Ceará recuou R$ 0,34 nas últimas quatro semanas, saindo de R$ 7,671 para R$ 7,330 neste sábado, 4 de junho. A retração representa uma variação de 4,44%. Em uma semana, o recuo foi de R$ 0,13, segundo os dados da Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP).

Maracanaú foi a cidade onde o levantamento semanal da ANP encontrou o menor valor médio pelo litro, de R$ 7,048. De 13 municípios pesquisados, Quixadá (R$ 7,184) e Fortaleza (R$ 7,242) completam o pódio de menores valores médios enquanto Sobral (R$ 7,967), Crateús (R$ 7,965) e Limoeiro do Norte (R$ 7,956) são os mais caros. Confira a lista completa abaixo.


Valor médio da gasolina nas cidades cearenses

SOBRAL: R$ 7,967

CRATEÚS: R$ 7,965

LIMOEIRO DO NORTE: R$ 7,956

ITAPIPOCA: R$ 7,887

ICÓ: R$ 7,767

CANINDÉ: R$ 7,666

CRATO: R$ 7,654

IGUATU: R$ 7,643

JUAZEIRO DO NORTE: R$ 7,468

CAUCAIA: R$ 7,27

FORTALEZA: R$ 7,242

QUIXADÁ: R$ 7,184

MARACANAÚ: R$ 7,048

Preço pelo País

Entre os estados, os dados apurados na última semana indicam que o valor médio cobrado pelo litro da gasolina é o 10º do País. Entre os nordestinos, é o 3º (veja ranking abaixo).

Piauí (R$ 80,66), Rio de Janeiro (R$ 7,759) e Acre (R$ 7,596) lideram a lista seguidos da Bahia (R$ 7,577), que vem mantendo valor elevado desde a venda pela Petrobras da refinaria Ludolpho Alves ao grupo árabe Mubadala Capital. Veja o ranking:
Valor médio da gasolina nos estados do País:

PIAUÍ: R$ 8,066

RIO DE JANEIRO: R$ 7,759

ACRE: R$ 7,596

BAHIA: R$ 7,577

MINAS GERAIS: R$ 7,491

RIO GRANDE DO NORTE: R$ 7,487

TOCANTINS: R$ 7,445

GOIÁS: R$ 7,416

ESPÍRITO SANTO: R$ 7,344

CEARÁ: R$ 7,33

SERGIPE: R$ 7,318

PARÁ: R$ 7,31

AMAZONAS: R$ 7,291

RONDÔNIA: R$ 7,29

PARANÁ: R$ 7,256

DISTRITO FEDERAL: R$ 7,251

SANTA CATARINA: R$ 7,158

PERNAMBUCO: R$ 7,157

ALAGOAS: R$ 7,138

MARANHÃO: R$ 7,11

MATO GROSSO: R$ 7,062

PARAÍBA: R$ 7,062

RORAIMA: R$ 7,05

MATO GROSSO DO SUL: R$ 7,042

SÃO PAULO: R$ 6,892

RIO GRANDE DO SUL: R$ 6,867

AMAPÁ: R$ 6,507
Preço máximo segue elevado

Apesar do recuo, o valor máximo cobrado pelo combustível no Ceará continua em R$ 8,30 pela terceira semana seguida, de acordo com o levantamento da ANP. É o terceiro mais caro cobrado do País, abaixo apenas de Rio de Janeiro (R$ 8,49), Bahia (R$ 8,42) e São Paulo (R$ 8,3).

(O Povo)

3 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More