quarta-feira, 31 de agosto de 2022

Eunício cobra aluguel de Ciro e ameaça pedir ordem de despejo

Em sequência de tweets publicada na noite de terça-feira, 30, o ex-senador Eunício Oliveira (MDB) fez críticas e acusações ao candidato a presidente Ciro Gomes (PDT), maior adversário político do emedebista.

Nas mensagens, o ex-senador afirma que entrará com uma ordem de despejo na Justiça contra o ex-ministro pelo não pagamento do aluguel do apartamento onde ele mora com a família, em Fortaleza. Eunício diz ter arrematado o imóvel em leilão, realizado por ordem judicial, para o pagamento de indenização por danos morais ao ex-presidente e senador Fernando Collor de Melo (PTB).

"Ciro, vc [você] vendeu seu apt [apartamento] para pagar dívidas com a Justiça e eu comprei. Vc [você] mora lá e tem vida nababesca [luxuosa], com dinheiro do Fdo [Fundo] Partidário, mas não paga aluguel, entrarei com uma ordem de despejo", escreveu Eunício, ao que completou: "Ciro, vc [você] é um coronelzinho político decadente de meia pataca, mentiroso e dissimulado".

Nas últimas semanas, o ex-senador tem sido alvo de críticas constantes de Ciro em entrevistas, palestas e eventos públicos. O pedetista costuma usar o nome de Eunício para apontar envolvimento do ex-presidente Lula, adversário na corrida presidencial, com esquemas de corrupção. Ele diz que o petista beneficiou o emedebista com contrato sem licitação no valor de R$ 1 bilhão na Petrobras.

Em um dos tweets, Eunício se defendeu da acusação e rebateu o pedetista lembrando a operação da PF que cumpriu mandado de busca e apreensão em sua residência, em dezembro do ano passado.


"Ciro Gomes, eu não devo nada à Justiça. Quem foi que a PF acordou de madrugada para fazer busca e apreensão sobre pagamentos de R$ 11 mi [milhões de reais] em propinas durante as obras de reforma da Arena Castelão disfarçados de doações eleitorais?", disse o ex-senador.

Eunício ainda acusou o ex-ministro de incompetência e apontou contradições nas críticas que ele faz aos governos do PT.

"Ciro Gomes, vocês licitaram a Transnordestina. Vc [você] pediu demissão para presidir a empresa que ganhou, obra de R$ 11,2 bi [bilhões de reais]. vc [você] prometeu 1.753 km e entregou 81 km. Vc [você] foi demitido por incompetência. Ciro, nos governos Dilma e Lula, que tanto critica, vcs [vocês] indicaram 6 diversos ministros", escreveu Oliveira, que nestas eleições concorre ao cargo de deputado federal.

O POVO tentou, sem sucesso, contato com a assessoria de imprensa de Ciro Gomes. A matéria será atualizada tão logo haja retorno.

(O Povo)

2 comentários:

Eunício Oliveira não deixa passar de 5 anos ele morando no apartamento, se não ele vai usar o "USO CAPIAL" e ele vai tomar de volta

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More