terça-feira, 16 de agosto de 2022

REVOLTANTE! Mesmo após pagar R$ 318, idoso tem luz cortada e morre de infarto

Um idoso de 77 anos morreu de infarto após a companhia de energia elétrica cortar a luz da residência onde morava, em Vilhena (RO). O homem chegou a pagar a conta de R$ 318, mas, por um erro, a empresa não deu baixa no pagamento. A tragédia foi registrada na última 6ª feira (12.ago).

Domingos Cavalcanti implorou para que a energia não fosse cortada de forma indevida. A empresa mandou um funcionário interromper o fornecimento, mesmo com o idoso mostrando o comprovante de pagamento. Segundo a esposa da vítima, o funcionário puxou um facão, em ameaça, e "deu uma queda de braço nele. Ele era um senhor de idade, esforçado pra tudo. Infelizmente, tiraram de mim", lamentou Marli Souza.

Imagens de câmeras de monitoramento flagraram a situação, com o idoso caindo após sofrer o ataque cardíaco fatal. Segundo a família, a demora no atendimento foi crucial para a morte. Agora, esperam por Justiça.

Em nota, a empresa de energia elétrica afirmou que uma das equipes foi deslocada para efetuar a inspeção do fornecimento em um imóvel com ligação irregular, sendo recebida de forma agressiva pelo proprietário da residência. Ainda segundo a empresa, o dono ameaçou os trabalhadores e chegou a tomar a chave do carro do veículo deles. (SBT News)

1 comentários:

Essas companhias de eletricidade dos estados, jamais poderiam ter sido privatizadas, quem estuda a base do capitalismo sabe que não se privatiza um monopólio. Nos EUA, cada estado tem 20 ou até mais companhias elétricas que, para atraírem clientes não cobram o consumo em determinados horários, já no Brasil acontece esses tipos de casos da matéria

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More